REUTERS/Ueslei Marcelino
REUTERS/Ueslei Marcelino

Pai de Neymar arranca câmera de fotógrafo no aeroporto em Brasília

Neymar da Silva Santos arrancou equipamento do fotógrafo que registrava o momento que o jogador deixava Brasília

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2019 | 16h57

Neymar da Silva Santos, pai do atacante Neymar, arrancou a câmera de um fotógrafo que registrava o embarque deles no aeroporto em Brasília. Eles deixaram a capital federal na tarde desta quinta-feira, após o jogador ser cortado da seleção brasileira por conta de uma torção no tornozelo direito.

O fotógrafo Ueslei Marcelino, da Agência Reuters, fez imagens do jogador de muletas no aeroporto. Depois de ter o equipamento arrancado pelo pai de Neymar, ele ainda utilizou outra câmera para registrar fotos. Ueslei Marcelino não vai comentar o caso, uma orientação da Reuters.

Neymar deixou Brasília nesta quinta-feira, um dia depois de ter torcido o pé direito no amistoto contra o Catar e ser cortado da seleção brasileira que disputará a Copa América. Ele foi para o Rio de Janeiro, onde vai depor nesta sexta sobre o vazamento de conversa e fotos íntimas com Najila Trindade, modelo que acusa o jogador de estupro.

Sem Neymar, que foi cortado na madrugada desta quinta, o técnico Tite tem até o dia 13 para definir qual jogador será convocado. A seleção esteia na Copa América no dia 14, contra a Bolívia, no Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.