Palermo confirma transferência de Pastore para o PSG

O presidente do Palermo, Maurizio Zamparini, confirmou neste sábado a transferência do volante argentino Javier Pastore para o Paris Saint-Germain, do técnico brasileiro Leonardo. A negociação, considerada a mais cara do futebol francês, foi fechada em 43 milhões de euros (cerca de R$ 96 milhões).

AE, Agência Estado

30 Julho 2011 | 11h26

Segundo Zamparini, o acerto entre as duas partes foi definido na noite de sexta-feira. O PSG deverá pagar a soma em três anos. Cobiçado por Milan, Inter de Milão e Roma, o jogador de 22 anos assinará contrato de cinco anos com o PSG.

Pastore é considerado a maior promessa do futebol argentino desde Lionel Messi. Ele foi revelado pelo Talleres, da cidade de Córdoba, mas só chamou a atenção no Huracán, na campanha do vice-campeonato do Torneio Clausura de 2009. Do Huracán o volante se transferiu para o Palermo, onde se destacou no último Campeonato Italiano.

As boas atuações renderam ao jovem jogador a convocação para a Copa América, encerrada no final de semana passado. Pastore, contudo, teve poucas chances na fraca campanha da seleção argentina na competição.

A negociação de Pastore supera em valores a ida do atacante Nicolás Anelka do Real Madrid para o mesmo PSG, por 33,5 milhões de euros. A transferência, realizada em 2000, era a mais cara do futebol francês até o acerto do time de Paris com o volante argentino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.