Palermo demite mesmo técnico pela segunda vez no ano

Último colocado do Campeonato Italiano e desesperado na luta contra o rebaixamento, o Palermo anunciou nesta segunda-feira a demissão do técnico Gian Piero Gasperini. A decisão chama atenção por ter sido a segunda vez que Gasperini deixou o clube neste ano, depois de o treinador ter saído pela primeira vez em fevereiro.

AE, Agência Estado

11 de março de 2013 | 14h57

A nova demissão foi definida em uma reunião nesta segunda, um dia depois da derrota por 2 a 1 diante do Siena, em casa, que deixou o Palermo com 21 pontos, em último na tabela do Italiano. Em comunicado oficial, o clube apontou que ainda não tem o nome do substituto para o cargo.

Gasperini assumiu o Palermo pela primeira vez na temporada em setembro do ano passado, no lugar de Giuseppe Sannino, mas acabou demitido no início de fevereiro após uma derrota para a Atalanta. Alberto Malesani foi contratado para o cargo, mas pediu demissão após três partidas. Há duas semanas, Gasperini voltou ao clube, mas viu a passagem acabar depois de apenas dois jogos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.