Palestina culpa Israel por ausência em jogo das Eliminatórias

Pessoas que moram na Faixa de Gaza são proibidas de sair da zona delimitada pelo estado israelense

29 de outubro de 2007 | 13h45

A seleção palestina de futebol culpou, nesta segunda-feira, Israel por não ter conseguido jogar pelas Eliminatórias para a Copa de 2010 diante da Cingapura, já que o estado israelense teria proibido a saída de jogadores que moram na Faixa de Gaza.   De acordo com informações locais, cerca de 18 membros da seleção, incluindo jogadores, não puderam viajar, fazendo com que a partida diante de Cingapura fosse cancelada.   A seleção da palestina, que ocupa a 167.ª posição no ranking da Fifa, deverá ter uma nova chance para enfrentar Cingapura, já que a Fifa planeja um acordo com o estado israelense para a liberação de tais membros da seleção.   No primeiro confronto, a Palestina - reconhecida pela Fifa desde 1998 - foi goleada por 4 a 0; o jogo aconteceu neste mês, mas em Doha.

Tudo o que sabemos sobre:
EliminatóriasCopa 2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.