Divulgação/Vitória EC
Divulgação/Vitória EC

Palmeiras acerta com diretor que fez boicote contra o São Paulo

João Paulo Sampaio será anunciado como coordenador da base

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

02 Março 2015 | 11h17

O Palmeiras deve anunciar a qualquer momento a contratação de João Paulo Sampaio para o cargo de coordenador das categorias de base. Ele entra no lugar de Erasmo Damiani, que foi para a seleção brasileira. O novo dirigente palmeirense trabalhou por oito anos no Vitória, do qual saiu em dezembro. Ele ficou marcado por ter sido um dos organizadores de um boicote contra o São Paulo e Atlético-PR.

Na época, os dois times eram acusados pelos demais clubes de aliciarem garotos da base. Após a polêmica, Sampaio foi um dos líderes da criação de um código de conduta entre as equipes para que houvesse maior respeito em relação às negociações envolvendo atletas mais jovens.

No Barradão, Sampaio participou diretamente do desenvolvimento de diversos jogadores, como David Luiz, Wallace (Flamengo), Anderson Martins (ex-Corinthians) e Hulk. O dirigente tem 38 anos e chegou a atuar profissionalmente dentro de campo como volante.

Já Damiani acertou sua saída para a CBF após o diretor de seleções da CBF, Gilmar Rinaldi, entrar em contato com o presidente Paulo Nobre e com o diretor executivo, Alexandre Mattos, para pedir autorização e conversar com o ex-dirigente palmeirense.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras João Paulo Sampaio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.