Divulgação
Divulgação

Palmeiras acerta detalhes para anunciar ex-gerente do Bahia

Cícero Souza tem experiência no mercado e chega para o lugar de Omar Feitosa. Alexandre Mattos também está perto de um acordo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

09 de dezembro de 2014 | 13h53

O presidente Paulo Nobre pretende anunciar nessa semana a contratação do novo diretor executivo e do gerente de futebol para o Palmeiras, que irão substituir, respectivamente, José Carlos Brunoro e Omar Feitosa. Enquanto aguarda por Alexandre Mattos, o clube tem conversas bem adiantadas com Cícero Souza para ser o novo gerente de futbol e dar início a reformulação no futebol do clube.

Cícero Souza tem 40 anos e está sem clube.  Em julho, ele deixou o Bahia e já trabalhou também no Criciúma (de março a dezembro de 2013), Sport (agosto de 2011 a dezembro de 2012) e Grêmio, onde foi diretor executivo e supervisor de futebol (entre fevereiro de 2006 e julho de 2011).

O dirigente tem em seu currículo o acesso para a Série A do Brasileiro em 2011 (Sport) e Três títulos do Campeonato Gaúcho 2006, 2007 e 2011 (Grêmio). Caso seja confirmado, Cícero já inicia os trabalhos ainda essa semana. Existe, inclusive, a possibilidade dele ser anunciado nesta terça-feira, em entrevista coletiva marcada pelo presidente Paulo Nobre para às 17h, na Academia de Futebol.

Quanto a Alexandre Mattos, o dirigente que estava no Cruzeiro pediu um tempo para pensar e conversar com a família, mas a confiança em um acerto é grande. Nobre coloca o diretor como primeira opção e sequer conversou com outros nomes. O temor no Palmeiras é que Mattos seja convencido a permanecer no clube mineiro, onde montou o time bicampeão brasileiro. 

O primeiro grande desafio dos novos dirigentes será escolher quem é o novo técnico do Palmeiras. Dorival Júnior foi demitido na última segunda-feira e vários nomes são comentados, mas até o momento, a diretoria não formalizou nenhuma proposta oficial para treinadores.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.