Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Palmeiras acredita em novo efeito suspensivo para Dudu jogar

Atacante deve estar em campo diante do Vasco, domingo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

21 de julho de 2015 | 07h00

A decisão do Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), de manter a suspensão de 180 dias para o atacante Dudu não pegou os representantes do Palmeiras de surpresa. Pelo contrário. Antes mesmo do julgamento, a desconfiança em reverter a decisão era quase unânime no clube. Entretanto, todos esperam que um novo efeito suspensivo entre em vigor até sexta-feira e que o atacante pode aguardar pela decisão no STJD jogando normalmente.

O Estado conversou com alguns representantes do clube e a maioria deixou claro, antes do julgamento, que não acreditavam na pena, mas que já tinham avisado ao atacante para ele não se preocupar, já que a tendência é que a pena seria mantida, o efeito suspensivo cancelador, mas o clube conseguiria uma nova ação para mantê-lo jogando. O próximo e último passo do clube é recorrer no pleno do STJD.

No tribunal que fica localizado no Rio de Janeiro, o Palmeiras acredita que conseguirá reduzir a pena de dias para jogos. Assim, a punição só seria cumprida no Campeonato Paulista do ano que vem. Outra opção seria tentar reduzir a pena para, por exemplo, 90 dias e mais alguma outra punição, como serviços ou doação de cesta básica.

Dudu não esteve presente no julgamento desta segunda-feira. Segundo o advogado do clube, André Sica, ele não foi atendendo uma decisão da diretoria e a da comissão técnica, já que o jogador está muito abalado psicologicamente com tudo que está acontecendo.

O efeito suspensivo deve sair, mas caso aconteça algo diferente e não possa contar com o jogador, o técnico Marcelo Oliveira poderá escalar Kelvin em seu lugar ou até mesmo Lucas Barrios, necessitando de algumas alterações no posicionamento tático do ataque, para que o paraguaio possa jogar com Leandro Pereira.

O elenco do Palmeiras está de folga desde segunda-feira e só retorna aos treinamentos na quarta-feira, pela manhã, na Academia de Futebol. E o time volta a campo no domingo, para encarar o Vasco, no Rio de Janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.