Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Palmeiras admite cansaço em estreia e deve ter mudanças para domingo

Desgaste de jogadores vai nortear a definição da escalação para a partida contra o Botafogo, em Ribeirão Preto

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

19 Janeiro 2018 | 11h00

A boa atuação do Palmeiras na estreia no Campeonato Paulista, nesta quinta-feira, não significa a manutenção da equipe para o próximo jogo pela competição. O técnico Roger Machado indicou mudanças no time para enfrentar o Botafogo, no próximo domingo, em Ribeirão Preto, decisão que tem o acordo dos jogadores, que sentiram a falta de ritmo durante a vitória por 3 a 1 sobre o Santo André, no Allianz Parque.

+ Roger Machado aposta em sucesso de Lucas Lima

+ Tabela do Campeonato Paulista 2018

"Vamos ter que avaliar o time. Vamos fazer fazer isso e ver quem de fato está em melhores condições. Temos pouco tempo de recuperação até domingo, então temos ver isso no dia a dia. Nesse primeiro momento a parte física pode ser determinante para fazer as escolhas", afirmou Roger. No domingo, no estádio Santa Cruz, o Palmeiras terá de superar também o calor, que será um fator extra de desgaste.

O técnico palmeirense afirmou que por ser o primeiro jogo do ano e logo após a pré-temporada de 15 dias, o elenco sentiu a parte física. Como exemplo disso, ele mencionou o segundo tempo da vitória sobre o Santo André, quando a equipe visitante pressionou, diminuiu e por pouco não empatou. Em um mesmo lance o ataque do time acertou a trave por duas vezes.

O volante Bruno Henrique, acionado no segundo tempo para dar novo fôlego à equipe, admitiu o cansaço. "No primeiro jogo do ano você sente um pouco. No segundo tempo nosso ritmo caiu muito. Até o quarto jogo do ano vamos pegar o ritmo. O time está bem pelo desempenho que mostrou e certamente vai mais confiante para a próxima partida", comentou.

A possibilidade de mexer no time não vai abrir vaga para a estreia de Gustavo Scarpa. O meia foi ao Allianz Parque nesta quinta-feira para ser apresentado à torcida, mas terá de esperar para jogar pela primeira vez pelo novo time. "Ele vai readquirir a forma física. O Scarpa ficou cerca de 45 dias afastado das atividades normais, ainda tem um processo de pré-temporada para fazer", explicou o técnico do Palmeiras.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Roger Machado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.