Evelson de Freitas/AE - 18/5/2010
Evelson de Freitas/AE - 18/5/2010

Palmeiras admite que ainda deve aos jogadores

Vice-presidente Gilberto Cipullo afirma que teve uma conversa com os jogadores para explicar os problemas financeiros

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2010 | 21h02

A diretoria palmeirense ainda não acertou os direitos de imagem atrasados do elenco e nem a dívida que tem com o meia Lincoln. O vice-presidente do Palmeiras, Gilberto Cipullo, havia dito que o clube pagaria tudo para Lincoln até sexta-feira passada, mas o dinheiro não apareceu.

"Está tudo bem, já conversamos com eles [os atletas do elenco]", declarou Cipullo, durante entrevista nesta segunda-feira, garantindo que não há nenhum mal-entendido no grupo de jogadores do Palmeiras por causa no atraso no pagamento - o clube, porém, está com os salários em dia.

O caso de Lincoln é referente a uma dívida que ele cobra do Palmeiras por não ter recebido uma quantia que desembolsou para poder ser liberado do Galatasaray, da Turquia, quando acertou com o clube. E o episódio, que parecia ter fim na semana passada, continua sem uma solução definitiva.

Enquanto a diretoria luta para pagar o que deve, o técnico Luiz Felipe Scolari prepara o time para a próxima rodada do Brasileirão, quando o Palmeiras vai buscar a terceira vitória seguida. Com exceção do goleiro Marcos e do atacante Lenny, que se recuperam há muito tempo de lesão, ele terá todos os jogadores do elenco à disposição para enfrentar o Inter, quarta-feira, em Barueri.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.