Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras anuncia ex-auxiliar de Dunga como treinador interino da equipe

No clube desde 2017, Andrey Lopes vai estrear no comando do time em jogo contra o Goiás, na quinta

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

02 de dezembro de 2019 | 12h32

O Palmeiras confirmou nesta segunda-feira que o auxiliar técnico Andrey Lopes será o treinador interino do time durante os próximos dias. Conhecido como Cebola, ele está no clube desde dezembro de 2017, mas jamais dirigiu a equipe em uma partida. O trabalho anterior dele antes de chegar ao Palmeiras foi ter sido auxiliar técnico de Dunga na seleção brasileira entre 2014 e 2016.

Andrey tem 46 anos, é graduado em Educação Física, pós-graduado em Futebol e possui licença A do curso da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O convite para trabalhar no Palmeiras veio pelo gerente de futebol do clube, Cícero Souza. Os dois trabalharam juntos no Grêmio entre 2007 e 2011. O treinador interino passou também pelo Inter.

No Palmeiras ele trabalhou com Roger Machado, Luiz Felipe Scolari e, por último, com Mano Menezes, que foi demitido no domingo depois de derrota por 3 a 1 para o Flamengo, no Allianz Parque. Andrey vai estrear na função na próxima quinta-feira, diante do Goiás, pelo Campeonato Brasileiro. O jogo será realizado no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.  

Apesar de estar no clube há dois anos, será a primeira vez que Andrey vai dirigir a equipe. Após a demissão de Roger e a vinda de Felipão, em julho do ano passado, o Palmeiras disputou uma partida sob comando de um interino, mas o responsável pelo time na ocasião foi Wesley Carvalho, treinador do elenco sub-20. Em campo, o time bateu o Paraná por 3 a 0 no Allianz Parque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.