Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Palmeiras anuncia renovação do contrato de Alecsandro por um ano

Atacante foi o vice-artilheiro da equipe em 2016, com 14 gols, ficando atrás apenas de Gabriel Jesus

Estadão Conteúdo

12 de dezembro de 2016 | 12h47

Alecsandro vai permanecer por mais um ano no Palmeiras. Um dia após marcar o gol que definiu o triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória na rodada final do Campeonato Brasileiro, o centroavante acertou a renovação do seu vínculo até o final da próxima temporada.

Contratado em junho de 2015, Alecsandro conquistou os títulos da Copa do Brasil naquele ano e do Brasileirão nesta temporada, tendo marcado 14 gols em 54 partidas, sendo 12 nesta temporada, o que o deixou como vice-artilheiro do time em 2016, atrás apenas de Gabriel Jesus. Agora, de contrato renovado, Alecsandro espera voltar a ter sucesso com a camisa do Palmeiras na próxima temporada.

"É um clube com o qual me identifiquei bastante, fiquei encantando com a torcida desde o início. Conquistei dois títulos aqui e quero dar sequência ao que fizemos nesses dois anos. Estou muito feliz no Palmeiras, me dou bem com todos os companheiros. É um lugar onde me sinto em casa. Ainda mais com o centro de excelência que será inaugurado no ano que vem, a expectativa é grande para começar logo a trabalhar em 2017", disse, neste segunda-feira.

O último gol de Alecsandro pelo Palmeiras, aliás, foi especial, pois acabou sendo o seu centésimo na história do Brasileirão. Além disso, ele homenageou Bruno Rangel, uma das vítimas do acidente aéreo da Chapecoense. "Vou guardar a bola do gol com muito carinho, porque, além de ser meu centésimo gol em Brasileiros, eu pude entrar com o nome do Bruno na camisa", comentou.

A renovação do contrato de Alecsandro, confirmada nesta segunda-feira, se junta a uma série de acordos fechados nos últimos dias pela diretoria. Na semana passada, o Palmeiras anunciou que assinou para o próximo ano com outros dois veteranos, o goleiro Jaílson e o lateral-esquerdo Zé Roberto. Além disso, Alexandre Mattos acertou para seguir como diretor de futebol do clube até 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.