César Grecp/ Agência Palmeiras
César Grecp/ Agência Palmeiras

Palmeiras aposta em retornos de titulares para série decisiva

Clube começa a ter a recuperação de jogadores importantes para partidas contra adversários diretos na luta contra o rebaixamento

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

16 Setembro 2014 | 07h00

O panorama do Palmeiras para as próximas semanas anima o elenco para a luta contra o rebaixamento no Brasileirão. E as boas notícias já começaram a chegar nesta segunda-feira. Três titulares voltaram a treinar recuperados de lesões e estarão prontos para a sequência de confrontos diretos que o time terá para evitar a queda à Série B.

O zagueiro Lúcio e os meias Valdivia e Allione treinaram ontem pela primeira vez depois de se recuperarem de lesões musculares. A tendência é que sejam relacionados para o jogo desta quarta-feira, contra o Flamengo, no Pacaembu. O time titular será definido no treino de desta terça-feira.

O trio ainda não jogou sob comando do técnico Dorival Junior e a expectativa maior recai sobre Valdivia. O chileno não atua há quase um mês e pode resolver um dos problemas do time, a criação. Nas últimas partidas o Palmeiras tem jogado sem armadores de origem no meio-campo. 


Os retornos aliviam ainda extensa lista de desfalques, que chegou a ser 12 para o jogo do último sábado, contra o Fluminense, e obrigou o treinador a promover a estreia do zagueiro Nathan, do time sub-20 do clube. 

Além disso, os jogadores voltam na série importante de jogos contra adversários diretos. Depois do Flamengo, o Palmeiras encara cinco times que estão na metade de baixo da tabela: Goiás (12.º), Vitória (20.º), Figueirense (13.º), Chapecoense (14.º) e Botafogo (15.º). 

"Aproveitar os confrontos diretos é a grande chance de subir. Precisamos de uma sequência de três ou quatro vitórias para sair dessa situação", disse o volante Renato.

Ao longo dessa série de partidas o time deve ter ainda mais três retornos. Estão em fase final de recuperação o goleiro Fernando Prass, o volante Wesley e o lateral Wendel. No primeiro turno o Palmeiras teve bom aproveitamento contra esses cinco adversários, ao ganhar três partidas seguidas e perder duas.

Mais conteúdo sobre:
futebolPalmeirasBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.