Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Palmeiras 'apressa' vinda de Roger para antecipar planejamento

Clube quer fechar com reforços o quanto antes para começar pré-temporada, em janeiro, com o elenco já fechado

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

30 Novembro 2017 | 07h00

A temporada de 2018 já começou para o Palmeiras. A diretoria quer aproveitar a vaga garantida na fase de grupos da Copa Libertadores para antecipar o planejamento e anunciar o pacote de reforços da janela de transferências ainda neste mês de dezembro, para começar a pré-temporada com o elenco completo e sem precisar acrescentar no grupo contratações no decorrer das semanas iniciais do calendário.

+ Prass acerta renovação por mais uma temporada

+ Lateral Egídio vai reforçar o Cruzeiro 

A vontade de antecipar os trabalhos para a próxima temporada se explica também pelo início precoce das competições oficiais. A realização da Copa do Mundo faz o Campeonato Paulista começar cerca de duas semanas mais cedo, em 17 de janeiro. Os times, portanto, terão uma pré-temporada menor, de aproximadamente 15 dias, ante um mês de preparação neste ano.

O desejo de começar os trabalhos antes norteou, inclusive, a escolha de técnico. Diante da dificuldade e da possível demora na negociação com Abel Braga, do Fluminense, a diretoria conversou e resolveu rapidamente a vinda de Roger Machado. O treinador se apresentou nesta semana e tem passado os dias em reuniões para discutir reforços e conhecer melhor o elenco.

"Temos conversado com relação a planejamento. Justamente vim antes para poder definir 2018. Estamos reservadamente ajustando a questão de reforços", comentou o treinador nesta quarta-feira. O clube já fechou as vindas do zagueiro Emerson Santos e do lateral-esquerdo Diogo Barbosa. O meia Lucas Lima, do Santos, deve ser confirmado em breve. O goleiro Weverton, do Atlético-PR, também está para fechar acordo.

Essas negociações foram realizadas ainda sem a definição de quem seria o treinador. A partir de agora, as próximas investidas serão com o aval de Roger Machado. O treinador prometeu avaliar ainda o pacote de 20 jogadores que voltam de empréstimo ao clube. Nesse grupo, alguns devem ser aproveitados, como o atacante Artur e o lateral-direito João Pedro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.