JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Palmeiras assina contrato com o Esporte Interativo até o final de 2024

As luvas pela assinatura do vínculo devem girar em torno de R$ 100 milhões

Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2016 | 12h06

O Palmeiras anunciou nesta terça-feira que assinou contrato com Turner Brasil para que o canal Esporte Interativo transmita suas partidas do Campeonato Brasileiro na tevê por assinatura por seis anos. O acordo começa a valer no Brasileirão de 2019 e vale até a edição de 2024. Nas próximas duas temporadas, o Palmeiras, como todos os demais grandes clubes do País, segue com o SporTV.

"É uma parceria que une duas grandes instituições. Sabemos que a força da Turner pode contribuir substancialmente para tornar o nosso 'Alviverde' ainda mais forte. Da mesma forma, não tenho dúvidas de que o engajamento de nossa torcida multiplicará o investimento feito no clube", disse o presidente Paulo Nobre, que deixa o cargo na próxima quinta-feira, substituído pelo seu aliado Mauricio Galiotte.

Em nota divulgada nesta terça, o Palmeiras revelou que, pelo acerto, a emissora "trabalhará na expansão da marca Palmeiras" organizando amistosos "contra grandes times estrangeiros" e incluindo o clube paulistas em torneios internacionais. As luvas pela assinatura devem girar em torno de R$ 100 milhões.

"A Turner é uma empresa sólida, que investe no Brasil há cerca de 30 anos e não está poupando esforços para que o Esporte Interativo possa contribuir com o esporte brasileiro. Temos ainda muitos passos para dar, mas os resultados até agora nos deixam felizes", avalia Leonardo Lenz Cesar, vice-presidente de esportes da Turner Brasil.

Em 2019 vence o atual contrato da Rede Globo com os clubes que disputam o Brasileirão. A emissora carioca negocia a renovação de um pacote que inclui tevê aberta, tevê fechada, pay per view, exploração internacional, telefonia móvel e internet. A Turner entrou na disputa oferecendo adquirir apenas os direitos sobre a tevê fechada.

Por enquanto, o Esporte Interativo acertou com apenas três dos 12 maiores clubes do País: Inter, Palmeiras e Santos. Também fechou com Atlético-PR, Coritiba, Bahia, Paysandu, Figueirense, Ponte Preta e Ceará. O SporTV, entretanto, já teria garantido Corinthians, Vasco, Botafogo, Vitória, Sport, Cruzeiro, Atlético-MG e Fluminense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.