Palmeiras: Baiano chega e fala em seleção

Agora é oficial. O lateral Baiano regularizou sua documentação e foi apresentado como novo reforço do Palmeiras. O jogador, que veio do Las Palmas, da Segunda Divisão do Campeonato Espanhol, espera ajudar a equipe a chegar à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro e, com isso, reviver seus melhores momentos e ser convocado outra vez para a seleção brasileira. Baiano não escondeu a satisfação por sua transferência. "Fiquei bonito com a camisa não?", perguntou o jogador, que espera ter condições físicas de integrar o grupo palmeirense em uma semana. "Por mim, jogaria no sábado se pudesse, mas o pessoal da comissão técnica achou melhor esperar." O Palmeiras joga sábado contra o Paulista, em Jundiaí, às 21h40. Sobre o fato de atuar na Série B do Brasileiro pela primeira vez, o jogador não mostra preocupação. "Lá na Segunda Divisão da Espanha o pessoal usa muita linha de impedimento e é preciso estar sempre atento e ter muita velocidade. Acho que aqui terei até mais facilidade." Discriminação - O diretor de futebol do Palmeiras, Mário Gianini, afirmou que o clube vai estudar a possibilidade de mandar um ofício à CBF contra o bandeira Gilberto Freire da Silva, que teria ofendido o meia Pedrinho chamando-o de "doente" quando o jogador discutia com o árbitro. A atititude do assistente deixou o meia indignado. "Foi falta de caráter da parte dele", desabafou. O atacante Muñoz voltou da Colômbia depois da cirurgia cardíaca do pai. O jogador ainda se recupera de gastroenterite aguda, mas está retornando aos trabalhos.

Agencia Estado,

28 de julho de 2003 | 19h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.