Palmeiras bate a Portuguesa por 4 a 2, no Pacaembu

O Palmeiras se recuperou neste domingo no Campeonato Brasileiro. Numa boa atuação na primeira etapa, a equipe bateu a Portuguesa por 4 a 2, em partida disputada no Pacaembu, válida pela 22.ª rodada. Com o resultado, o time paulista chegou aos 40 pontos, subiu na tabela e ficou mais próximo do líder Grêmio.Apesar do jogo ter acontecido no Pacaembu, o Palmeiras foi o mandante da partida - fez um acordo com a Lusa para os dois jogos no Brasileirão serem no Estádio Municipal. O Palmeiras possui o melhor desempenho do campeonato em casa, agora com 10 vitórias e um empate. Já a Lusa sofreu a 10.ª derrota fora de casa e continua na zona de rebaixamento.O Palmeiras teve problemas logo no início da partida. O lateral Fabinho Capixaba, que antes de entrar em campo era dúvida por causa de uma lesão na coxa direita, não suportou as dores e foi substituído logo aos 7 minutos por Gustavo - o time adotou o esquema 3-5-2 com a modificação.Apesar do problema, o Palmeiras não teve dificuldades para dominar a partida e abriu o placar logo aos 21 minutos do primeiro tempo. O meia Evandro, substituto do chileno Valdivia, fez ótima enfiada de bola para Diego Souza. O jogador foi derrubado pelo goleiro André Luiz: pênalti. Na cobrança, Alex Mineiro bateu no canto esquerdo para marcar.Depois do gol, a Portuguesa se desestruturou. O Palmeiras aproveitou para ampliar. Aos 27 minutos, Leandro cobrou falta e Gustavo meteu a cabeça na bola para estufar as redes de André Luiz - o zagueiro comemorou muito gol, já que ele amargava o banco de reservas e tinha atuado poucas vezes desde que se recuperou de uma lesão.O técnico Valdir Espinosa tirou o volante Dias para colocar o atacante Washington. A liberdade aumentou ainda mais para o alviverde. Aos 34 minutos, André Luiz falhou grotescamente ao não conseguir agarrar uma bola e Kléber só teve o trabalho de empurrar para o gol - comemorou como ''gladiador''.O quarto gol saiu ainda no primeiro tempo. Aos 44 minutos, Leandro fez linda jogada pela esquerda e cruzou na medida para Alex Mineiro. O artilheiro do Campeonato Brasileiro não desperdiçou a oportunidade e estufou o gol da Portuguesa. Valdir Espinosa, à beira do campo, levou as mãos à cabeça, já imaginando o que aconteceria até o final do jogo.Na etapa final, a Portuguesa trocou de uniforme para tentar "mudar" o jogo. Deixou a camisa verde e vermelha nos vestiários para utilizar uma totalmente branca. O time não apresentou muitas evoluções, pelo contrário, mas conseguiu diminuir o vexame graças ao relaxamento dos palmeirenses.Se no primeiro tempo o time alviverde foi objetivo, na etapa final abusou das jogadas enfeitadas. Kléber, por exemplo, tentou driblar toda a defesa da Lusa aos 13 minutos, quando poderia ter tocado a bola para um companheiro. Diego Souza foi outro que tentou fazer fila, ao invés de construir jogadas.Assim, a Lusa aproveitou para chegar ao primeiro gol, aos 23 minutos. Patrício cruzou pela direita. Com a zaga mal posicionada, Marcos tentou sair para cortar, mas não achou nada. Jonas subiu livre de cabeça e balançou a rede. O goleiro palmeirense deu uma bronca nos marcadores, já que o time atuava com três zagueiros e nenhum dele esteve bem posicionado.E foi novamente de cabeça que a Lusa chegou ao segundo gol. Em cobrança de escanteio, aos 38 minutos, Jonas ganhou a disputa com os zagueiros e tocou para o fundo do gol. Luxemburgo soltou muitos palavrões à beira do campo, reclamando do posicionamento da defesa. Por sorte, a Portuguesa não teve forças para pressionar.Ao final, os palmeirenses festejaram mais uma vitória "em casa". Agora, a expectativa da torcida é que o Palmeiras consiga deslanchar também fora de casa, no próximo domingo, às 16 horas, contra o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada. A Portuguesa vai enfrentar o Atlético Mineiro, em São Paulo, no mesmo dia.Ficha técnicaPalmeiras 4 x 2 PortuguesaPalmeiras - Marcos; Fabinho Capixaba (Gustavo), Jéci, Gladstone e Leandro; Sandro Silva, Martinez, Diego Souza (Denílson) e Evandro; Alex Mineiro (Maicosuel) e Kleber. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.Portuguesa - André Luis; Patrício, Bruno Rodrigo, Aderaldo e Bruno Recife; Dias (Washington), Gavilán, Edno e Heverton (Wilton Goiano); Fellype Gabriel e Jonas. Técnico: Valdir Espinosa.Gols - Alex Mineiro, aos 21 (pênalti) e aos 43, Gustavo, aos 25, e Kléber, aos 34 minutos do primeiro tempo; Jonas, aos 22 e aos 38 minutos do segundo tempo.Cartões amarelos - Gustavo, Gladstone e Leandro (Palmeiras); Heverton, Patrício, Bruno Rodrigo e André Luís (Portuguesa).Árbitro - Cléber Wellington Abade (SP).Renda - R$ 252.975,00.Público - 8.180 pagantes.Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.