Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras bate o Botafogo-SP com gol de Borja e mantém os 100% no Paulistão

Alviverde leva sustos no primeiro tempo, mas gol do colombiano garante vitória da equipe

Dani Arruda, especial para O Estado de S. Paulo

21 Janeiro 2018 | 19h15

Com um gol de Borja no início do segundo tempo, o Palmeiras derrotou o Botafogo-SP por 1 a 0, neste domingo, em Ribeirão Preto, pela 2ª rodada do Campeonato Paulista.

+ TEMPO REAL - Botafogo-SP 0 x 1 Palmeiras

+ TABELA - Classificação completa do Paulistão

A vitória levou o alviverde à liderança isolada do Grupo C, com seis pontos, dois à frente de Novorizontino e São Bento. O Botafogo acumula a segunda derrota, na lanterna do Grupo D e, por ora, na zona do rebaixamento. 

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Red Bull, quinta-feira, às 21h, no Allianz Parque. Na quarta, o Botafogo tenta a primeira vitória contra o Novorizontino, às 19h30, novamente diante da sua torcida no estádio Santa Cruz.

Botafogo e Palmeiras fizeram um primeiro tempo fraco. Raras foram as chances de gols, muito toque de bola, pouca objetividade. É verdade que o forte calor na cidade de Ribeirão Preto, aliado ao início de temporada e ao preparo físico fora do ideal dos jogadores, contribuíram para o jogo sonolento. 

O time do interior teve apenas duas chances. Aos 25, Dodô cobrou falta, Jailson deu rebote e Antônio Carlos afastou o perigo. Dois minutos depois, Lelê arrancou no contra-ataque, rolou para Bruno Moraes, que, na entrada da área, chutou de primeira, mas a bola passou raspando o travessão de Jailson.

+ Multifuncional, Borja marca e agrada Roger Machado no Palmeiras

A única chance de perigo do Palmeiras na etapa inicial veio apenas aos 44 minutos. Willian dominou na entrada da área, arriscou de longe e Tiago espalmou. Muito pouco para um time qualificado, técnico e que atuou com três atacantes. 

No segundo tempo o Palmeiras começou mais rápido e envolvente e logo abriu o placar, o que seria o único gol do jogo. Aos 8 minutos, em uma saída errada da defesa do Botafogo, Willian entrou na área pela direita e cruzou rasteiro para Borja rolar para o gol.

Mesmo em desvantagem o Botafogo não saiu para o ataque. O técnico Léo Condé bem que tentou, fez as três alterações no time, trocou seus dois atacantes, mas o time de Ribeirão Preto permaneceu inerte, respeitou demais o adversário, teve medo de levar mais gols, e não levou perigo ao goleiro Jaílson. 

Aos 39 minutos, Lucas Lima ainda acertou o travessão, após uma bela cobrança de falta. Durante o jogo, o meia teve bom aproveitamento nos passes, uma de suas características, mas, assim como os demais companheiros de time, não impôs um ritmo intenso sob o forte calor de Ribeirão. 

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-SP 0 x 1 PALMEIRAS

GOL: Borja, aos 8 minutos do 2º tempo.

BOTAFOGO-SP: Thiago Cardoso; Diego Tavaraes, Naylhor, Plínio e Peri; Serginho (Danielzinho), Diones, Willian Oliveira e Dodô; Lelê (Everton Heleno) e Bruno Moraes (Jheimy). Técnico: Léo Condé

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis; Felipe Melo (Thiago Santos), Tchê Tchê e Lucas Lima (Bruno Henrique); Willian, Borja (Keno) e Dudu. Técnico: Roger Machado.

CARTÕES AMARELOS: não houve.

PÚBLICO: 20.258 total (18.094 pagantes).

RENDA: R$ 1.023.240,00.

ÁRBITRO: Raphael Claus.

LOCAL: Estádio Santa Cruz , em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.