Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras bate o Ituano com golaços de Scarpa e termina 1ª fase com melhor campanha

Alviverde assegura a liderança geral da fase de grupos com vitória por 3 a 0, fora de casa

Dani Arruda, especial para O Estado de S. Paulo

11 Março 2018 | 19h12

O Palmeiras derrotou o Ituano por 3 a 0, neste domingo, em Itu, chegou aos 26 pontos na liderança do Grupo C, e terminou a fase de classificação do Campeonato Paulista com a melhor campanha, com um aproveitamento de 72% dos pontos. Gustavo Scarpa foi o destaque do jogo com dois gols, um em cada tempo. Fernando completou o placar para o alviverde. 

+ Confira como foi a vitória do Palmeiras sobre o Ituano

Na próxima fase o Palmeiras enfrenta o Novorizontino, segundo colocado do seu grupo. A partir de agora os classificados serão definidos a partir do sistema de mata-mata. O primeiro jogo será em Novo Horizonte. O segundo, no Allianz Parque. Datas e horários serão definidos nesta terça-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol. 

O time de Itu, que brigava por uma vaga na próxima fase, acabou eliminado no saldo de gols. Terminou empatado com o Bragantino (17 pontos e quatro vitórias), mas os três gols sofridos contra o Palmeiras deixaram o clube com zero de saldo, enquanto a equipe de Bragança Paulista somou um gol positivo. 

Roger Machado aproveitou a oportunidade para poupar alguns jogadores e testar novas peças no recheado elenco palmeirense. Antônio Carlos, Lucas Lima e Miguel Borja, pendurados com dois cartões amarelos, não atuaram em Itu, e terão os cartões zerados para a próxima fase. Felipe Melo e Victor Luis cumpriram suspensão e também não jogaram. 

O primeiro tempo foi bem movimentado, com boas chances de gols, quase todas elas do Palmeiras. O Ituano optou por não se arriscar muito ao ataque, deu a posse de bola ao adversário e esperou para sair  no contra-ataque, o que não conseguiu.

Bem distribuído em campo, o Palmeiras não deu espaços para o Ituano e também não demonstrou falta de entrosamento, mesmo com a entrada de novas opções no time titular, casos de Papagaio (um dos destaques das categorias de base na última Copa São Paulo) no ataque, ou de Tchê Tchê, deslocado para a lateral direita. 

As melhores chances na primeira etapa foram do Palmeiras. Aos 6 minutos, Bruno Henrique cobrou falta e por muito pouco não acertou o ângulo esquerdo do goleiro Wagner. Aos 38, Gustavo Scarpa recebeu na ponta direita, cortou para o meio e arriscou com perigo. 

O jogador acabou premiado com um gol cinco minutos depois. Tchê Tchê lançou Guerra pela direita, o venezuelano ganhou do marcador e rolou para Scarpa, dentro da área, dominar e acerta o ângulo direito do goleiro. 

No segundo tempo o Palmeiras continuou superior em campo e ampliou o marcador aos 17 minutos. Bruno Henrique rolou para Gustavo Scarpa na esquerda, ele entrou na área e chutou forte, acertando o ângulo, entre a trave direita e o goleiro do Ituano. 

Mesmo em desvantagem no placar e vendo a classificação escorrer pelas mãos, o time do interior se manteve apático e não levou perigo ao gol de Weverton, que fez uma partida segura e apenas uma defesa difícil, ainda na etapa inicial. 

O terceiro gol palmeirense chegou no final do jogo, aos 34 minutos. Juninho avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Fernando (que havia substituído Papagaio) empurrar para as redes. Foi o primeiro gol dele como profissional do Palmeiras. 

FICHA TÉCNICA

ITUANO 0 x 3 PALMEIRAS

GOLS: Gustavo Scarpa, aos 43 do primeiro tempo e aos 17 do segundo tempo; Fernando, aos 34 minutos do 2º tempo. 

ITUANO: Wagner; Igor Vinícius, Léo, Alison e Raul; Marcos Serrato (Tony), Baralhas (Giba), Marcelinho e Guilherme (Bassani); Claudinho e Júnior Santos. Técnico: Vinicius Bergantin.

PALMEIRAS: Weverton; Tchê Tchê, Luan, Thiago Martins e Juninho; Bruno Henrique, Moisés (Thiago Santos) e Guerra (Keno); Gustavo Scarpa, Dudu e Papagaio (Fernando). Técnico: Roger Machado.

JUIZ: Vinícius Gonçalves Dias Araújo.

CARTÕES AMARELOS: Marcos Serrato e Fernando.

PÚBLICO: 7.604  pagantes.

RENDA: R$ 367.030,00.

LOCAL:  Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.