Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Palmeiras chega aos 110 mil sócios-torcedores e mantém ascensão

Inter é o líder nacional com 130 mil sócios-torcedores

O Estado de S. Paulo

13 de abril de 2015 | 21h01

O Palmeiras alcançou nesta segunda-feira a marca de 110 mil sócios-torcedores, segundo o Torcedômetro, o ranking nacional do Movimento por um Futebol Melhor. O clube ocupa a segunda posição no ranking nacional, atrás apenas do Internacional, que possui 130 mil sócios-torcedores.

No ranking mundial, também elaborado pelo Movimento, o Palmeiras ocupa a 9ª posição, atrás do Borussia Dortmund, da Alemanha. Neste ano, o Palmeiras é o clube com o maior crescimento: 45 mil novos sócios-torcedores. 

De acordo com o presidente Paulo Nobre, o programa Avanti tem viabilizado inúmeras ações realizadas pelo clube, entre elas, a contratação de jogadores. "O Avanti é a principal razão de ampliarmos os investimentos no departamento de futebol. Quanto mais sócios tivermos, mais forte será o Palmeiras. Para isso, oferecer constantemente benefícios e ações para os sócios-torcedores é uma das nossas principais prioridades”, afirmou o presidente do clube, Paulo Nobre.


O ranking mundial de sócios-torcedores é o seguinte:

1º Benfica - 270 mil

2º Bayern de Munique - 238 mil

3º Arsenal - 225 mil

4º Real Madrid - 206,5 mil

5º Barcelona - 154 mil

6º Internacional - 130,1 mil

7º Porto - 125 mil

8º Borussia Dortmund - 120 mil

9º Palmeiras - 110,3 mil

10º Internazionale - 105,9

11º Manchester United - 100 mil

12º Corinthians - 93,1 mil

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolPalmeirassócios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.