JF Diorio/AE - 3/7/2012
JF Diorio/AE - 3/7/2012

Palmeiras com dificuldades para definir substituto para Felipão

Emerson Leão e Jorginho são os favoritos da diretoria, mas eles estão empregados

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 de setembro de 2012 | 11h16

SÃO PAULO - O Palmeiras espera anunciar o substituto de Luiz Felipe Scolari até a próxima quarta-feira, mas a missão não deve ser fácil. Os dois principais alvos da diretoria estão difíceis, casos de Jorginho e Leão. Os dois estão empregados e seus clubes não estão dispostos a negociá-lo. Por isso, a diretoria já começa a pensar em um plano C, mas ainda não entrou em contato com nenhum outro treinador.

Emerson Leão é a primeira opção. O problema, porém, é conseguir convencer o presidente do São Caetano, Nairo Ferreira de Souza, a liberar o treinador, que chegou ao clube há menos de 15 dias. Apesar da boa relação entre as diretorias, o time do ABC não está disposto a deixar o ex-goleiro sair. Para mudar de ideia, pede que seja pago um valor indenizatório ao clube, embora não exista multa.

Em relação a Jorginho, o Bahia já divulgou em seu site oficial um comunicado avisando que não aceita liberá-lo sem que seja pago o valor da multa. Jorginho ficou balançado com a proposta e tenta convencer a diretoria do time baiano a mudar de ideia. O ex-meia comandou o Palmeiras em 2009 por seis jogos, durante a transição de Vanderlei Luxemburgo para Muricy Ramalho e conquistou seis vitórias. Por isso, até hoje é lembrado pela torcida e por dirigentes alviverdes.

Com a dificuldade para a contratação dos dois, o Palmeiras já estuda outros nomes. Gilson Kleina, Renato Gaúcho, Paulo Autuori, Falcão, Celso Roth e até o ex-goleiro Marcos foram citados, mas não houve um nome de consens

Outra dificuldade é que a ideia é contratar um treinador com vínculo só até o final do ano, já que além da ameaça de queda para a Série B, o clube passa por eleições para a presidência em janeiro e caso seja mudado o comando do clube, esse novo dirigente teria liberdade para contratar quem quiser.

Enquanto isso, quem comanda a equipe no clássico de domingo com o Corinthians é Narciso, técnico do time sub-20 do Palmeiras. O ex-zagueiro faz seu primeiro treinamento comandando o time principal nesta sexta-feira, a partir das 15h30, na Academia de Futebol. Aliás, há uma frente que defende a possibilidade dele ficar no comando da equipe até o final do ano. Tudo depende do desempenho do Alviverde diante do Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.