Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Palmeiras comemora decisão de pagar multa de Danilo

Clube pagou R$ 100 mil ao Atlético-PR para que o zagueiro emprestado pudesse enfrentar o adversário

Agencia Estado

26 de setembro de 2009 | 21h37

O grande nome da vitória do Palmeiras neste sábado foi Danilo. A diretoria do clube pagou ao Atlético-PR a multa estipulada no contrato de empréstimo do zagueiro para que ele entrasse em campo. O valor: R$ 100 mil. E, além de ter feito o segundo gol palmeirense nos 2 a 1, Danilo ainda evitou um gol certo do time paranaense, já no final, que provocaria o empate.

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Palmeiras 2 x 1 Atlético-PR

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"O homem fez um gol e ainda salvou outro! Valeu a pena pagar", afirmou o meia Diego Souza, ao comentar sobre a decisão da diretoria palmeirense de conseguir a liberação de Danilo.

Danilo, na verdade, participou diretamente do outro gol do Palmeiras, ao dar o passe para Figueroa marcar. E a bola ainda bateu nele antes do gol do Atlético-PR, marcado por Chico.

"A ideia foi da diretoria. E deu certo", disse o técnico Muricy Ramalho, ao comemorar o pagamento da multa para liberar Danilo, o que já tinha sido acertado na quinta-feira.

O dinheiro da multa, inclusive, deve servir como parte do pagamento da contratação definitiva de Danilo, cujo o empréstimo acaba no final do ano. A diretoria palmeirense já avisou que irá mantê-lo no elenco. "Estou bem aqui. Quero ficar", revelou o zagueiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.