Palmeiras comemora vitória sobre concorrente ao título

Time considera triunfo sobre o Internacional como fundamental para a briga para ser campeão nacional

Juliano Costa, Jornal da Tarde

19 de maio de 2008 | 09h59

A vitória de domingo foi muito comemorada pelo Palmeiras por um simples motivo: ninguém tem dúvidas de que o Internacional será um dos concorrentes ao título do Campeonato Brasileiro com o time alviverde. "Nossa equipe se mostrou bem equilibrada na frente e na zaga. Foi por isso que conseguimos uma vitória boa diante de um forte candidato ao título", analisou o meia Valdivia, que qualificou como "bem participativa" sua atuação na partida.Veja também: Denilson se emociona com a ótima atuação como ponta-direita Palmeiras vence a primeira no Brasileirão: 2 a 1 no Inter"O Inter é muito forte e, talvez, a gente tenha se aproveitado do fato de eles terem jogado pela Copa do Brasil na quarta-feira com o Sport, em Recife", disse o goleiro Marcos. "Mas agora que eles têm só o Brasileirão pela frente, assim como o nosso time, vão mostrar que têm tudo para brigar pelo título. Jogar duas competições ao mesmo tempo é desgastante."Agora, o que mais preocupa Vanderlei Luxemburgo é o julgamento de Diego Souza, quarta-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro. O meia será julgado por sua expulsão na primeira rodada, na derrota por 2 a 0 para o Coritiba. Diego Souza trocou empurrões com Carlinhos Paraíba, do time paranaense, e será julgado no STJD por agressão ao adversário, pelo artigo 253 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Se for condenado, pega de 120 a 540 dias de gancho.O advogado do Palmeiras vai tentar desqualificar a acusação, colocando Diego Souza num artigo do Código que tenha uma punição mais branda, que lhe renda no máximo seis jogos de gancho. Foi a segunda expulsão consecutiva de Diego Souza. Ele já havia recebido cartão vermelho na final do Paulistão contra a Ponte Preta.Internamente, Luxa já tem tido problema para controlar outro nervosinho: o atacante Kléber, que não foi nem relacionado para o jogo de domingo como punição à agressão ao zagueiro Maurício, durante treino na sexta-feira. Kléber será multado em parte de seu salário, mas deve ficar à disposição para o jogo de domingo, contra a Portuguesa, no Pacaembu.Segundo o vice-presidente Gilberto Cipullo, o ato de indisciplina de Kléber não muda os planos da diretoria de tentar a renovação de seu empréstimo com o Dínamo de Kiev, da Ucrânia - o contrato expira no dia 1 de agosto.REFORÇOSA renovação com o lateral-esquerdo Leandro deve acontecer já nesta semana. O meia Jadson, do Shakhtar Donetsk, chega nos próximos dias ao Brasil e será procurado pela diretoria do Palmeiras e pela Traffic, que têm interesse também no atacante Keirrison, do Coritiba, e no volante Arouca, do Fluminense. O zagueiro Rodrigo, que deixou o Flamengo e não chegou a um acordo com o São Paulo, também interessa.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasBrasileirão Série A

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.