Palmeiras concentrado na Copa do Brasil

Após a eliminação do Campeonato Paulista, a conquista da Copa do Brasil passou a ser encarada como obrigação pelo Palmeiras - principalmente pelos adversários que a equipe terá de enfrentar até chegar à decisão. O primeiro, pelas oitavas-de-final, será o Goiás, cuja partida de ida acontece quarta-feira, em Goiânia.Na seqüência, caso conquiste a classificação, terá Santo André ou Guarani pelas quartas-de-final; e XV de Novembro (RS), Gama, Palmas ou Americano de Campos na semifinal. "Perdemos um Paulistão que queríamos muito. Mas aprendemos que a concentração deve ser a mesma em todos os momentos das partidas. Não adianta nada fazer uma boa campanha e ficar pelo meio do caminho. Já conversei com meus jogadores sobre a tabela da Copa do Brasil; mostrei que ninguém ganha na véspera. Nossa derrota para o Paulista de Jundiaí prova isso", afirma o técnico Jair Picerni.Uma de suas preocupações é fazer com que a equipe retome o ?espírito? do ano passado, quando cada partida na Série B do Brasileiro era considerada como uma decisão. "A pegada tem de prevalecer para que o time fique cada vez mais forte. Precisamos ficar próximos da vitória contra o Goiás para poder definir a vaga com tranqüilidade no jogo de volta em São Paulo (programado para o dia 5 de maio, no Palestra Itália)"Pedrinho guarda péssimas recordações da última vez que esteve com o Palmeiras em Goiânia para enfrentar o Goiás, em outubro de 2002. Além da derrota por 4 a 2, foi agredido por policiais militares no saguão do Estádio Serra Dourada durante uma briga que envolveu vários jogadores de sua equipe. "Espero que dessa vez a situação seja diferente. E para isso, não podemos desperdiçar tantas chances de gol como na primeira semifinal do Paulistão contra o Paulista de Jundiaí."Para Vágner Love, o Campeonato Paulista faz parte do passado. "Ao que tudo indica, terminarei a competição como artilheiro. Mas quero pensar apenas no Goiás." No Campeonato Brasileiro, o Palmeiras estréia no feriado de dia 21 de abril (4ª feira) contra o Atlético-MG, no Parque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.