Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras confia em permanência de Bruno Henrique e avalia renovação

Clube ainda trata interesse chinês como sondagem, mas monitora risco de perder jogador

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2019 | 04h30

A diretoria do Palmeiras está confiante que conseguirá manter o volante Bruno Henrique no elenco. Mesmo com o interesse do Tianjin Teda, da China, o clube considera que o assunto não passa de sondagem, mas já estuda a possibilidade de propor uma renovação de contrato para tentar segurar o jogador, que fechou a temporada passada como capitão do time campeão brasileiro.

O time chinês entrou em contato diretamente com os representantes de Bruno Henrique e ofereceu um salário de R$ 1,7 milhão. O Tianjin também se propôs a pagar a multa rescisória de cerca de R$ 25 milhões para tirar o jogador do Palmeiras. No último domingo, ao ser questionado sobre o assunto, o volante disse que deixaria a decisão nas mãos dos seus empresários.

O Palmeiras explica que por enquanto não foi informado de nenhuma busca do time chinês por Bruno Henrique. Para o clube, o assunto ainda é apenas sondagem. No entanto, mesmo antes do interesse do Tianjin Teda se tornar público, a diretoria avaliava Bruno Henrique como possível alvo de investidas do exterior e pensava em oferecer ao jogador um novo contrato. O vínculo atual vai até junho de 2020.

"Se o Palmeiras está formando uma grande equipe, manteve o Dudu, trouxe jogadores como Carlos Eduardo, Felipe Pires e Zé Rafael, provavelmente, vai dar condições ao Bruno Henrique. Que ele saiba que vamos valorizá-lo muito. Quem quer um grande time, como o Palmeiras, vai ter condição de gastar um pouco mais", afirmou o técnico Luiz Felipe Scolari neste domingo.

Bruno Henrique está no Palmeiras desde junho de 2017, quando deixou o Palermo, da Itália. Apesar da postura do Palmeiras de confiar na manutenção do jogador, pessoas próximas ao volante admitem que a tendência é dele aceitar a proposta da China. Pesa a favor dessa possibilidade os valores e a oportunidade de uma nova experiência internacional aos 29 anos de idade.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.