Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Palmeiras confirma acerto e assina contrato de cinco anos com Lucas Lima

Meiocampista é o terceiro reforço confirmado pela equipe para 2018

Estadão Conteúdo

30 Novembro 2017 | 11h57

O Palmeiras anunciou nesta quinta-feira a contratação do meia Lucas Lima. O jogador de 27 anos assinou contrato por cinco temporadas. O vínculo terá validade a partir do dia 1º de janeiro de 2018.

+ Dudu celebra ano e iguala números de melhor temporada no Palmeiras

+ Palmeiras 'apressa' vinda de Roger para antecipar planejamento

Lucas Lima tinha contrato com o Santos, mas não chegou a um acordo para a renovação e acabou afastado do elenco. Na quarta-feira, ele se reuniu com a diretoria do Santos, na Vila Belmiro, para avisar que iria jogar no Palmeiras a partir de janeiro.

A transferência foi intermediada pelo pai de Neymar, que veio da França no último fim de semana para finalizar o acordo. Na última segunda-feira, ele chegou a ir ao Allianz Parque acompanhar a partida entre Palmeiras e Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro.

Especula-se que Lucas Lima deve receber R$ 50 milhões nos próximos cinco anos, entre salários e eventuais premiações. O jogador tinha propostas de clubes do exterior, mas optou pela oferta do Palmeiras.

Pelo Santos, Lucas Lima jogou quatro temporadas e conquistou o Campeonato Paulista em 2015 e 2016. O meia também foi eleito melhor jogador da Copa do Brasil de 2015. Antes de defender o Santos, passou por Sport, Internacional e Inter de Limeira.

O jogador também acumula passagens pela seleção brasileira, com 13 jogos e dois gols. Nesta temporada, no entanto, com a sua queda de rendimento no Santos, o meia acabou perdendo espaço no time comandado pelo técnico Tite.

Lucas Lima é o terceiro reforço do Palmeiras para 2018. A diretoria já trouxe o zagueiro Emerson Santos, do Botafogo, e o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, do Cruzeiro. Nos próximos dias, o Palmeiras também deve fechar com o goleiro Weverton, do Atlético-PR.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Lucas Lima

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.