Palmeiras confirma Amaral como primeiro reforço para 2015

Palmeiras confirma Amaral como primeiro reforço para 2015

Volante assina contrato de três anos com o Alviverde e afirma que chega para fazer história, após oito anos com a camisa do Goiás

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2014 | 20h21

O Palmeiras confirmou nesta segunda-feira sua primeira contratação para a próxima temporada. O volante Amaral, de 28 anos, e que está no Goiás, assinou contrato de três anos e deu a primeira entrevista como jogador da equipe alviverde.

"É uma sensação muito boa ser o primeiro reforço para 2015. O Palmeiras é uma equipe respeitada no cenário nacional, bastante conhecida, grandiosa e que dá todas as condições. E agora, com a nova arena, tem tudo para voltar a brigar por títulos. Eu fico feliz e empolgado e espero fazer história aqui", disse, em entrevista ao site do clube.

O jogador chega com moral, após passar oito anos pelo Goiás, onde saiu como capitão da equipe. "A gente vai pegando experiência com o decorrer do tempo. Comecei muito novo no Goiás e fui amadurecendo ao longo do tempo. Claro que cada clube tem sua cultura, mas vou começar do zero aqui e quero deixar meu nome marcado como fiz no Goiás".

O curioso é que Amaral chama na verdade, Willian José de Souza, mas joga com o apelido por causa do estilo de jogo parecido com o volante que defendeu o Palmeiras. "O apelido veio da época de moleque. Me chamavam de Amaral, eu não gostava e pegou. É pelo Amaral, ex-volante que jogou aqui. Não acho parecido, mas não tem problema (risos). Eu me acostumei com o tempo. Sei que é um cara que tem história aqui e espero repeti-lo"."

Além de Amaral, o técnico Oswaldo de Oliveira contará ainda com Renato e Bruninho para o setor. Pelo menos mais um volante deve chegar e o clube ainda negocia a renovação de contrato de Marcelo Oliveira. O Palmeiras acerta os últimos detalhes para a contratação do zagueiro Vitor Hugo, do América-MG, e do lateral-direito Lucas, do Botafogo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasAmaralGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.