Palmeiras consegue adiar julgamento de Felipão no TJD

A defesa do Palmeiras conseguiu adiar o julgamento de Luiz Felipe Scolari. O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), de São Paulo, acatou o pedido feito pelo advogado André Sica. Felipão seria julgado nesta segunda pela sua expulsão contra o Corinthians, mas o advogado alegou que não houve tempo suficiente para montar a defesa do treinador porque não conseguiu contato com Felipão na semana passada, pois este estava em regime de concentração para o jogo contra o Coritiba.

AE, Agência Estado

09 de maio de 2011 | 20h32

"Essa é uma prerrogativa que o tribunal nos dá, a de poder adiar o julgamento uma vez. Não houve tempo para juntar provas", disse Sica.

O julgamento ainda não tem nova data, mas deve acontecer na próxima segunda. O mesmo vale para o zagueiro Danilo, que também foi expulso e seria julgado nesta segunda. Felipão foi expulso por fazer gestos de que estavam "roubando". O árbitro Paulo Cesar de Oliveira relatou o fato na súmula do jogo. O treinador também deu declarações fortes após a partida contra a atuação do juiz.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasFelipãojulgamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.