Palmeiras consegue liberação e terá Keirrison neste mês

Após três meses de negociação, o Coritiba enfim cedeu às ofertas da Traffic e do time alviverde pelo atacante

AE, Agência Estado

15 de janeiro de 2009 | 16h38

O Palmeiras confirmou, na tarde desta quinta-feira, a contratação do atacante Keirrison. O jogador tem 80% de seus direitos comprados pela Traffic, parceira do clube paulista, mas precisava de uma liberação do Coritiba, dono dos outros 20%, para trocar de clube antes de abril, quando seu contrato com os paranaenses chegaria ao fim.Veja também:Dínamo confirma retorno de Kléber, mas quer negociá-loApós vexame no jogo-treino, Luxemburgo pede calmaConfira as novidades do mercado do futebol Paulistão 2009 - Tabela Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoDurante três meses, Palmeiras, Traffic e Coritiba negociaram uma forma de liberar o atleta para a disputa do Campeonato Paulista, mas somente nesta quinta chegaram a um acordo. Para ter o jogador desde o início da temporada, a diretoria palmeirense começou uma série de negociações. Primeiro, falou em ceder jogadores ao time paranaense, mas não teve sucesso. Depois, o clube paulistano propôs o pagamento de R$ 1 milhão aos curitibanos, mas novamente teve resposta negativa. O Coritiba pediu, então, R$ 2 milhões para liberar o atleta. Embora ainda não confirme oficialmente, esta é a quantia que o Palmeiras teria repassado para ter o jogador neste mês. Keirrison foi eleito como jogador revelação do Campeonato Brasileiro pela CBF. Com 21 gols, ele tornou-se também dos três artilheiros da competição, ao lado dos experientes Washington e Kléber Pereira. Suas atuações foram fundamentais na sólida campanha do Coritiba, que voltou à Série A com um nono lugar, garantindo vaga na Copa Sul-Americana.O atacante vai se apresentar nos próximos dias à equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo, e chegará ao Palmeiras como principal nome para o ataque, parte mais fraca do atual elenco do clube. A deficiência ficou clara logo na primeira atividade do ano, quando o time perdeu para o Rio Claro por 3 a 0 em jogo-treino, com os meio-campistas Diego Souza e Willians improvisados no setor ofensivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.