Palmeiras contém euforia para seguir focado no título

'Não existe motivo para comemoração, pois apesar da liderança, o campeonato segue difícil', diz Martinez

AE, Agencia Estado

29 de setembro de 2008 | 19h39

A liderança do Brasileirão finalmente foi alcançada pelo Palmeiras, após 27 rodadas de perseguição aos primeiros colocados, principalmente ao Grêmio. E para não deixar se contaminar pela euforia de ter atingido um dos objetivos, o elenco adotou o discurso de continuar pensando apenas no título, e nas 11 rodadas que ainda faltam para a tão sonhada conquista.   Veja também:   TV Estadão: Análise do momento do Palmeiras   Brasileirão Série A - Classificação Brasileirão Série A - Calendário/Resultados Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão"Não existe motivo para comemoração, pois apesar da liderança, o campeonato segue difícil e com pelo menos oito equipes em condições de brigar pelo título. O nosso objetivo será manter a tranqüilidade e pensar jogo a jogo. Serão 11 decisões pela frente", disse Martinez."Daqui para frente, a dificuldade só vai aumentar. Por isso precisamos continuar treinando e jogando com extrema seriedade."Para o zagueiro Gustavo, o bom desempenho do setor defensivo do Palmeiras tem sido fundamental nas última rodadas. Considerando os jogos pela Sul-Americana, o time não toma gols há cinco partidas - contra Cruzeiro, Vasco (duas vezes), Sport Ancash e Náutico. "Encontramos uma maneira de jogar e a confiança aumentou. Isso fez com que todo o grupo aumentasse o rendimento. Será assim até o final. É o momento de cada um se entregar ainda mais", afirmou o jogador.Nesta segunda-feira, a equipe se reapresentou na Academia de Futebol. Os titulares no empate por 0 a 0 contra o Náutico fizeram apenas um trabalho de recuperação. Os demais jogadores realizaram atividades de musculação e depois participaram de um treino leve no campo. O Palmeiras volta a campo nesta quarta-feira, quando faz o jogo de volta contra o Sport Ancash, pela Sul-Americana, no Palestra Itália.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série APalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.