SE Palmeiras
SE Palmeiras

Palmeiras contrata Bia Zaneratto e renova com mais oito atletas para temporada 2022

Atacante disputou pela equipe alviverde a primeira fase do Campeonato Brasileiro de 2021

Redação, Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2021 | 14h44

O Palmeiras anunciou nesta segunda-feira, em suas redes sociais, a contratação da atacante Bia Zaneratto, de 28 anos, para a temporada 2022. A atleta terá sua terceira passagem pelo clube, no qual soma 17 partidas, com 15 gols. Bia estava no Steel Red Angels, da Coreia do Sul, time no qual ficou de 2013 a 2020, conquistando sete títulos nacionais consecutivos.

O Palmeiras é um dos clubes brasileiros que correm atrás de melhorar seu futebol feminino. Há três anos, o clube fortalece a modalidade e agora já se vê em posição de disputar campeonatos nacionais e internacionais. Os rivais São Paulo e Corinthians estão no mesmo processo.

Um dos destaques da seleção brasileira, Bia Zaneratto já disputou três Copas do Mundo (2011, 2015 e 2019) e a Olimpíada de Londres (2012), do Rio (2016) e também Tóquio (2020). "Estou muito motivada e feliz por retornar. Agradeço todo o carinho da torcida nas redes sociais. O meu objetivo é retornar ao Palmeiras e conquistar títulos junto às minhas companheiras", disse a jogadora.

Bia disputou pelo Palmeiras a primeira fase do Campeonato Brasileiro deste ano e recebeu os prêmios de artilheira e craque da competição. Foi defendendo as cores do Palmeiras que ela voltou à seleção.

Além da contratação de Bia Zaneratto, o Palmeiras também revelou a renovação de contrato de mais oito destaques da equipe desta temporada. São elas: a zagueira Thais, a lateral-direita Bruna Calderan, as meio-campistas Ary Borges, Camilinha, Duda e Katrine e as atacantes Ottilia e Chu. Vale ressaltar que o futebol feminino não é mais uma modalidade improvisada nos clubes paulistas. Há verbas regulares a cada temporada. A presidente Leila Pereira não abre mão de ter um time forte no futebol feminino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.