Palmeiras contrata o atacante Alemão, ex-Coritiba

Dois atacantes foram oferecidos ao Palmeiras: Reinaldo, ex-Santos, e Alemão, que saiu do Brasil com menos de 20 anos, após boa temporada no Coritiba, em 2004. Entre trazer um ?medalhão? de 28 anos e salários de R$ 150 mil ou apostar num jovem promissor, que pode render lucro para o clube no futuro, a diretoria palmeirense preferiu o segundo. ?É esse o nosso estilo de contratação?, resumiu o diretor de futebol do Palmeiras, Gilberto Cipullo. ?O Reinaldo daria um retorno técnico, mas o Alemão pode dar esse retorno e mais o financeiro, que importa muito, claro.?Alemão estava no Kyoto Purple Sanga, do Japão. Chama-se Carlos Adriano de Jesus Soares, tem 23 anos e 1,84m. Era pretendido também pelo Internacional, mas preferiu assinar vínculo de três anos com o Palmeiras. Com ele, a diretoria palmeirense encerra o ciclo de contratações. ?Fechamos o elenco para a temporada?, garantiu Cipullo.O dirigente, agora, espera resolver o problema burocrático com o zagueiro Gustavo, ex-Paraná, que até já treina com bola com os demais jogadores do Palmeiras. ?Esperamos que até segunda a gente esteja com o documento que o libera para assinar com a gente?, disse Cipullo. Sobre Alemão, o diretor é só elogios. ?É um jogador interessante, que finaliza com as duas pernas e se posiciona muito bem?, afirmou.O técnico Caio Júnior também encheu a bola de Alemão. O treinador era comentarista de uma rádio paranaense quando o atacante ?explodiu? no Coritiba, em 2004. ?Eu o conheço bem, é um ótimo jogador, que fez um excelente Brasileiro pelo Coritiba e logo em seguida foi vendido. É uma contratação dentro do perfil que o Palmeiras vinha buscando?, afirmou o treinador.Alemão fará exames médicos na segunda-feira de manhã. Em seguida, deverá ser apresentado à imprensa. Como a temporada no Japão acabou no início de dezembro, ele precisará de pelo menos três semanas treinando até entrar em forma para jogar.Diego SouzaA diretoria do Palmeiras formalizou nesta sexta-feira a venda do jogador para o Rentistas (URU), clube do empresário Juan Figer. Ele será repassado ao Verdy Tokyo, do Japão. No ano passado, Diego Souza defendeu o Kashiwa, também do Japão, por empréstimo. O negócio renderá cerca de R$ 3 milhões ao Palmeiras e ajudará o clube a quitar os salários atrasados do elenco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.