Palmeiras corre atrás de atacante

Após a dispensa de Fábio Júnior e Edmílson e a saída de Tuta, Donizete, Basílio e Juninho, a diretoria do Palmeiras corre atrás de atacantes. O clube está tentando contratar Rodrigo, do Botafogo-RJ, mas existem alguns empecilhos, como o salário. Ricardo Oliveira, da Portuguesa, também interessa. Hoje, o presidente Mustafá Contursi e os diretores de Futebol Sebastião Lapola e Américo Faria se reuniram para conversar sobre o futuro. Oswaldo de Oliveira é o favorito para assumir o cargo de treinador no ano que vem. Sua chegada pode se complicar, porém, se o Fluminense vencer o Atlético-PR no domingo. Nesse caso, o clube carioca conseguirá vaga para a Taça Libertadores do ano que vem e, por isso, dificilmente Oswaldo deixará o Flu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.