Palmeiras corre para acertar troca de Diego por Arouca, do Flu

Clube alviverde tem até esta sexta-feira para registrar volante na FPF, a fim de que ele jogue o Estadual

Agência Estado

19 de fevereiro de 2008 | 20h39

Começou nesta terça-feira uma corrida para viabilizar logo uma negociação entre Palmeiras e Fluminense que envolveria o goleiro Diego Cavalieri e o volante Arouca, do Fluminense. O Palmeiras tem até sexta para registrar Arouca na Federação Paulista de Futebol, a fim de que ele jogue o Estadual. O time carioca precisa nesta quarta-feira de uma liberação do Palmeiras para que Diego jogue a primeira fase da Libertadores. Caso não consiga o registro e a negociação se desenrole, Diego só poderia jogar na segunda fase da competição sul-americana, e até lá poderia atuar apenas no Campeonato Carioca. A Traffic, parceira do Palmeiras, está interessada em adquirir em definitivo os direitos federativos de Arouca e em troca, o Fluminense levaria o goleiro por empréstimo para jogar a Libertadores. O presidente da Traffic, Julio Mariz, confirma o interesse. "O Arouca tem o perfil que Traffic procura. É jovem (21 anos) e tem muito a crescer". No Palmeiras, ninguém confirma a negociação. "Estamos negociando com o pessoal do Palmeiras, que é dono da maior parte dos direitos do Diego, para liberá-lo por empréstimo. É possível de acontecer. Estamos trabalhando nisso. Sabemos do prazo e é preciso ter pressa", disse Mariz. A maior dificuldade no momento é negociar com o Fluminense. O clube carioca estréia nesta quarta-feira na Libertadores contra a LDU, em Quito, a e maior parte dos diretores que negociariam a transferência de Arouca viajou com o time. "O Branco, por exemplo está no Equador. Isso dificulta também", disse Mariz. No Fluminense também o clima é de silêncio. Marcelo Penha, assessor da presidência, disse que ficou sabendo do interesse, mas que nada foi passado para ele. A previsão de chegada da delegação ao Rio é na quinta, ao meio-dia. Com a volta de Marcos, Diego Cavalieri perdeu espaço no Palmeiras, que teria interesse de colocá-lo para jogar na vitrine sul-americana. O clube do Palestra Itália já tem promessa da Lazio de pagar 6 milhões de euros quando o passaporte italiano do goleiro estiver pronto. Trazendo Arouca, o Palmeiras se prepara para repor a possível saída de Pierre. Parte dos direitos econômicos dele também pertencem à Traffic, que já recebeu sondagens do exterior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.