Palmeiras corre risco de perder novos mandos de campo

Procuradoria do STJD quer elevar punição por confusão no jogo contra o Corinthians

Daniel Batista, da Agência Estado

15 de novembro de 2012 | 12h32

SÃO PAULO - O Palmeiras cumpriu diante do Fluminense, no último domingo, em Presidente Prudente (SP), o quarto e último jogo da punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva pela confusão no clássico contra o Corinthians, no dia 16 de setembro. Porém, a pena ainda poderá ser aumentada e o clube corre o risco de ter de mandar novas partidas fora de São Paulo.

A procuradoria do STJD decidiu entrar com pedido para recorrer da pena e tentar elevar a punição. Para piorar a situação, o Palmeiras também será certamente punido pelo tribunal por causa da confusão provocada por torcedores em Araraquara, na partida contra o Botafogo, no último dia 4. Na ocasião, palmeirenses foram flagrados agredindo policiais, encurralados em uma parte da Arena Fonte Luminosa, e o clube pode perder até 20 jogos de mando pelo episódio.

A punição seria cumprida apenas em 2013 - com isso, o confronto contra o Atlético-GO, dia 25, poderá ser realizado no Pacaembu - e valeria apenas para competições nacionais. Assim, o Palmeiras poderia atuar em São Paulo nos jogos válidos pela Copa Libertadores do próximo ano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.