Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras culpa gramado encharcado em Campinas por atuação ruim

Campo do Moisés Lucarelli atrapalha o alviverde a Ponte Preta em empate por 0 a 0

O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2018 | 22h10

O empate sem gols diante da Ponte Preta não agradou ao Palmeiras. Nas entrevistas após o jogo, era evidente a avaliação de que se o gramado do estádio Moisés Lucarelli não estivesse tão encharcado devido às chuvas, o rendimento do time em campo teria sido melhor e o placar poderia ter sido diferente.

+ TEMPO REAL - Ponte Preta 0 x 0 Palmeiras

"O gramado prejudicou, ainda mais nosso time, que é muito técnico. Tivemos dificuldade, mas acredito que superamos. Criamos oportunidades da maneira que dava. Infelizmente, não fizemos o gol. Não foi o placar que queríamos, mas creio que honramos com dignidade a camisa", disse o meia Lucas Lima.

Para o técnico Roger Machado, as dificuldades encontradas pelos jogadores em campo dificultaram até mesmo uma avaliação técnica e tática do confronto em Campinas. "O Jogador tem que se adaptar ao que a partida pede. Não adiantava, com campo com pouca condição de troca de passes em virtude da chuva, tentar troca de passes, principalmente na zona central e com zagueiros. Tivemos assim uma oportunidade de gol e poderíamos correr esse risco. Se tiver que fugir das características, se foge, não é o ideal", analisou o comandante.

Ainda assim, Roger elogiou a postura dos jogadores do Palmeiras sob condições adversas. "É outro jogo, com outra característica. Fica uma partida de disputas aéreas e acaba sendo diferente. É difícil fazer uma avaliação do que se trabalha e do que se leva para campo. O importante, para mim, foi a adaptação que os atletas tiveram às condições do jogo", completou.

O empate levou o Palmeiras aos 20 pontos, disparado na liderança do Grupo C e na classificação geral do Paulistão. O time voltará a jogar no sábado, em clássico contra o Corinthians, no Itaquerão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.