Palmeiras dá aumento a Souza, mas não renova contrato

Após reclamar publicamente sobre a falta de valorização no Palmeiras, o volante Souza conseguiu um aumento salarial, mas o tempo de contrato continua sendo até o fim do ano. Assim, a partir de junho ele já pode assinar um pré-contrato com qualquer outro clube e ir embora de graça no final da temporada.

DANIEL BATISTA, Agência Estado

24 de abril de 2013 | 14h01

Souza recebia cerca de R$ 40 mil mensais e havia pedido pouco mais de R$ 200 mil para renovar o contrato. O Palmeiras recusou os valores, mas fez um reajuste no qual ele passa a receber salário de cerca de R$ 100 mil.

Com o acerto, o volante tem de comunicar o Palmeiras antes de assinar contrato com qualquer outro clube e se a diretoria palmeirense resolver que vale a pena cobrir a oferta do concorrente poderá fazer. Mas a tendência é que Souza vá mesmo embora no final da temporada.

Recentemente, o jogador chegou a reclamar da falta de valorização no clube. "Quem não valoriza acaba perdendo. Tive minha valorização no Náutico", lembrou Souza, que voltou ao Palmeiras nesta temporada, depois do sucesso que teve durante o empréstimo ao time pernambucano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasSouza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.