Palmeiras dá férias para mais um: Alceu

O trabalho dos repórteres que cobrem o dia-a-dia do Palmeiras ganhou uma tarefa um tanto cômica: agora, a cada treino, é feita uma espécie de ?lista de chamada?, como aquelas de colégio, para ver se todos os jogadores estão presentes ou se mais alguém foi dispensado. Nesta quarta-feira, foi a vez de Alceu não responder ?presente?.O zagueiro/volante foi o 9º jogador do elenco a ganhar férias antecipadas. Antes dele, Sérgio, Marcos, Baiano, Gláuber, Corrêa, Leonardo, Adãozinho e Adriano Chuva já haviam recebido um "vale-descanso" antes da hora. Além disso, Pedrinho, contundido, não joga mais este ano.O curioso é que Alceu escapara da primeira leva porque estava, sim, nos planos de Estevam Soares para ficar até o final do Brasileirão. Sua saída antecipada estaria atrelada a dois motivos: 1) Sua inexplicada ausência no treino de segunda-feira; 2) E sua participação numa reunião no Sindicato dos Atletas Profissionais, em novembro, para reivindicar direitos como férias de 30 dias.Essa reunião irritou bastante o presidente Mustafá Contursi, que prometeu represálias. Dos 11 palmeirenses que foram à reunião, um foi dispensado (Renaldo), três ganharam as tais férias antecipadas (Sérgio, Gláuber e Alceu), dois temem não terem os contratos renovados em dezembro (Ricardinho e André Rocha) e dois estão numa lista de ?negociáveis? (Lúcio e Magrão).Dos que foram à reunião, só Osmar, Thiago Gentil e Marcinho estão garantidos no elenco do Palmeiras para 2005.Acuado, Estevam não esconde que preferia ter o elenco completo até o fim do Brasileirão. "Se fosse por mim, ficaríamos todos até dia 19 (quando acaba o torneio). Como um técnico sanguinário por pontos, conquistas e objetivos, seria muito prático manter os jogadores. Mas a diretoria está cumprindo a lei e não posso responder pelo clube, que está prezando pelos atletas", disse o treinador, deixando clara sua posição de não bater de frente com Mustafá. "O Palmeiras é uma firma e eu sou um funcionário."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.