Ceasr Greco/Ag. Palmeiras
Ceasr Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras defende maior invencibilidade do ano diante do Bahia, em Salvador

Time não perde há nove partidas e vai entrar no grupo dos quatro primeiros colocados em caso de vitória

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2020 | 05h00

Após enfrentar semanas ruins e até de protestos, o Palmeiras pode conseguir neste sábado, diante do Bahia, às 19h, um feito importante para o time no Campeonato Brasileiro. Se vencer o jogo no estádio Pituaçu, em Salvador, a equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo vai conseguir entrar no G-4 da competição sem depender de outros resultados.

O Palmeiras começa a rodada em quinto lugar, mas vai ganhar a posição em caso de vitória porque o quarto colocado não vai entrar em campo. O Atlético-MG vai jogar no domingo a final do Campeonato Mineiro diante da Tombense e teve o jogo contra o Athletico-PR adiado.

O time alviverde encarou recentemente até uma manifestação de um grupo de torcedores no aeroporto em Curitiba após a vitória sobre o Athletico-PR. Porém, conseguiu se recuperar, vem de duas vitórias seguidas e ao lado de Botafogo, Grêmio e Vasco é um dos invictos da competição.

O Palmeiras teve pela primeira vez desde a retomada do calendário uma semana inteira para treinar e recuperar os jogadores. Ao todo a equipe defende nove partidas de invencibilidade, a maior série deste o início desta temporada. A última derrota foi há mais de um mês, para o Corinthians, ainda pela primeira fase do Campeonato Paulista.

A novidade entre os titulares deve ser o lateral-esquerdo uruguaio Matías Viña. Recuperado de dores no quadril, ele não atuava desde o empate contra o Goiás. O lateral-direito Marcos Rocha, com uma lesão muscular na coxa direita sofrida contra o Santos, no domingo, vai dar lugar a Mayke. Na zaga, Felipe Melo continua em tratamento de problema na coxa esquerda e terá Luan como substituto.

O Palmeiras vai encontrar diante do Bahia alguns colegas conhecidos, a começar pelo técnico Roger Machado, que comandou o próprio time alviverde entre janeiro e julho de 2018. O outro nome é o zagueiro Juninho, que chegou ao Palmeiras em 2017 e foi negociado ao time nordestino em outubro do ano passado. 

FICHA TÉCNICA

BAHIA X PALMEIRAS

BAHIA: Anderson; Zeca, Juninho, Ernando e Nino Paraíba; Ronaldo, Gregore e Rodriguinho; Rossi, Élber e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gomez e Viña; Bruno Henrique, Patrick de Paula, Gabriel Menino e Lucas Lima; Rony e Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo. 

Juiz: Bruno Arleu de Araujo (RJ)

Local: Pituaçu, em Salvador

Horário: 19h

TV: TNT e PPV

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.