Palmeiras derrota Monte Azul e lidera o Paulistão

Apesar de estar sem alguns de seus principais jogadores, o Palmeiras venceu o Monte Azul na noite desta quarta-feira por 1 a 0, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. Com o resultado, o clube chegou aos 8 pontos e ocupa a primeira colocação da tabela.

ANDRÉ RIGUE, Agencia Estado

28 de janeiro de 2010 | 00h33

O Palmeiras está com o mesmo número de pontos do Corinthians, mas leva vantagem no saldo de gols (5 a 2). O time de Mano Menezes será o rival do novo líder no clássico deste domingo, no Pacaembu, às 17 horas, pela quinta rodada. Para o duelo, o técnico Muricy Ramalho espera contar com Marcos, Diego Souza e Léo, que não enfrentaram o Monte Azul.

Quem também não jogou em Ribeirão Preto foi o zagueiro Gualberto, suspenso, e o lateral Armero, barrado por Muricy. O Palmeiras contou com novidades, como a estreia do volante Edinho, que atuou improvisado como zagueiro. O ataque teve o jovem João Arthur ao lado de Robert. E Gabriel Silva, revelação da Copa São Paulo, atuou na lateral-esquerda.

Nesta quarta, o Palmeiras não encontrou muitos problemas em Ribeirão. Diante da fragilidade do adversário, brilhou o talento de Cleiton Xavier, que comandou o meio-campo. Aos 30 minutos, o zagueiro Mauro derrubou o palmeirense Danilo na área: pênalti. Cleiton Xavier, com direito a paradinha, bateu no canto e marcou seu segundo gol no campeonato.

No segundo tempo, o Monte Azul perdeu Diogo, expulso aos 7 minutos após falta em Deyvid Sacconi. Com um a mais, a vida do Palmeiras ficou mais tranquila. O time, no entanto, pecou nas finalizações - Robert não esteve num bom dia e tropeçou nos principais lances em que foi lançado dentro da área.

A melhor chance de gol do Palmeiras na etapa final aconteceu aos 26 minutos. Sacconi deu belo passe para Cleiton Xavier. O camisa 10 do Palmeiras tentou dar uma bicicleta, mas a bola foi por cima do gol.

Apesar de garantir o 1 a 0, o Palmeiras teve uma preocupação. Cleiton Xavier sentiu uma lesão (músculo da coxa) e deixou o gramado aos 30 minutos da etapa final - ele será reavaliado pelo departamento médico e preocupa para o clássico.

"Pelas circunstâncias do jogo, o placar foi bom. O que valeu mesmo foram os três pontos. Acredito que estarei no clássico. Essa saída de campo foi mais por precaução", contou o meia, ao deixar o gramado.

Ficha Técnica:

Monte Azul 0 x 1 Palmeiras

Monte Azul - Tiago Cardoso (Luiz Carlos); Dedê, Ávalos, Mauro e Ferrari; Rafael Fefo, Luciano Sorriso, Marcelo Marinho (Rafael Ueta) e Diogo; Marcelinho (Ray) e Borebi. Técnico: Edison Só.

Palmeiras - Deola; Figueroa, Edinho, Danilo e Gabriel Silva (Eduardo); Pierre, Márcio Araújo, Deyvid Sacconi e Cleiton Xavier (Daniel); João Arthur (Anselmo) e Robert. Técnico: Muricy Ramalho.

Gols - Cleiton Xavier (pênalti), aos 30 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos - Mauro, Ferrari (Monte Azul); Edinho (Palmeiras).

Cartão vermelho - Diogo (Monte Azul).

Árbitro - Guilherme Cereta de Lima.

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.