Palmeiras derrota o Santos por 2 a 1

O Palmeiras levou a melhor no clássico disputado neste sábado, no Palestra Itália, e venceu o Santos por 2 a 1. A equipe palmeirense abriu o placar com Alex, mas William empatou o jogo. Depois, Arce cobrou pênalti sofrido por Itamar e definiu a vitória do time da casa. Agora, o Palmeiras tem 10 pontos no Torneio Rio-São Paulo, enquanto o Santos segue com 7.Em sua volta ao Palestra Itália, agora como técnico do Santos, Celso Roth foi chamado de burro pela torcida palmeirense antes mesmo do início da partida. Nesse clima, o Palmeiras foi ao ataque e dominou o jogo durante todo o primeiro tempo, não dando chances ao adversário. Na segunda etapa, a equipe santista equilibrou a partida, mas acabou saindo de campo derrotada.O clássico foi marcado por uma arbitragem polêmica. O Palmeiras teve um gol legítimo anulado. Numa cobrança de escanteio de Arce, aos 6 minutos do primeiro tempo, Itamar subiu sem marcação e cabeceou. A bola bateu na trave esquerda e entrou, num lance sem irregularidades. O árbitro Cléber Wellington Abade viu falta de Christian em Cléber.Outra jogada que gerou discussão ocorreu aos 29 minutos do segundo tempo. Aproveitando cruzamento, o volante santista Marcelo Silva cabeceou para o gol. Marcos tirou a bola com um tapa. Os santistas alegaram que a defesa ocorreu quando a bola já havia ultrapassado a linha.O primeiro gol do jogo saiu aos 34 minutos. O lateral-esquerdo Léo fez falta em Alex próxima à entrada da área. Alex e Arce posicionaram-se para a cobrança, na tentativa de confundir o goleiro Fábio Costa. Alex cobrou com perfeição, no canto direito, e marcou o primeiro gol na sua volta ao Palmeiras. Preso ao esquema com três zagueiros, o Santos só acertou o primeiro chute a gol aos 38 minutos de jogo, com Paulo Almeida.No intervalo, Roth decidiu substituir o meia Diego, de 16 anos, por uma outra revelação do clube, William, de 18 anos. Deu certo. O atacante empatou logo aos 6 minutos. Após receber a bola na intermediária, pela esquerda, ele cortou para o meio e chutou de perna direita. A bola desviou na zaga palmeirense e entrou.Quando o Santos dava a impressão de que poderia vencer o jogo, o zagueiro Cléber fez falta em Itamar, dentro da área, num lance de linha de fundo. Arce bateu bem o pênalti, no canto direito. O goleiro Fábio Costa caiu para a esquerda: 2 a 1.Os dois times voltam a campo na quarta-feira, desta vez pela Copa do Brasil. O Santos faz o jogo de volta contra o Ji-Paraná, de Rondônia, na Vila Belmiro. O Palmeiras terá pela frente o Asa, de Arapiraca, em Alagoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.