Divulgação
Divulgação

Palmeiras descarta contratar substituto para vaga de Vilson

Diretoria se diz satisfeita com os atuais jogadores no setor

CIRO CAMPOS, Agência Estado

30 de agosto de 2013 | 19h21

SÃO PAULO - O Palmeiras não vai contratar outro zagueiro para a vaga de Vilson, que nesta quinta-feira se transferiu para o Stuttgart, da Alemanha. A diretoria afirma estar contente com os atuais jogadores para o setor, como Henrique, Tiago Alves e André Luiz, além dos garotos Wellington, Luiz Gustavo, Marcos Vinícius e Thiago Martins.

"Não pretendemos trazer nenhum reforço, temos vários suplentes para a posição", afirmou o diretor-executivo José Carlos Brunoro. O dirigente elogiou a postura do jogador, que soube da proposta do clube alemão no dia em que o Palmeiras jogaria contra o Atlético-PR, mas mesmo assim fez questão de atuar. Em 23 jogos pelo clube, o defensor marcou quatro gols.

Brunoro explicou nesta sexta-feira que caso Vilson não acertasse com nenhum time do exterior até o fechamento da janela de transferências, na próxima segunda-feira, já tinha pré-contrato para assinar com o Palmeiras por três anos. Esse acordo foi firmado em fevereiro, quando o zagueiro rescindiu com o Grêmio e chegou ao clube paulista no pacote de troca pelo atacante argentino Hernán Barcos.

O dirigente negou que a transferência tenha sido por apenas R$ 700 mil, mas não contou o valor verdadeiro. "Acertamos um valor quando o Vilson chegou ao Palmeiras. Caso ele saísse, teria de ressarcir o clube, que foi o que aconteceu. É preciso que fique claro que não vendemos o Vilson por aquele valor", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasVilson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.