Antonio Lacerda/EFE - 6/1/2011
Antonio Lacerda/EFE - 6/1/2011

Palmeiras desiste oficialmente de Ronaldinho Gaúcho

Com a desistência da equipe paulista, o Flamengo não tem mais concorrentes no futebol brasileiro na tentativa de contratar o meia-atacante. Grêmio já havia anunciado abandono das negociações na véspera

AE, Agência Estado

09 de janeiro de 2011 | 11h25

O Flamengo não tem mais concorrentes no futebol brasileiro na tentativa de contratar o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho. Neste domingo, através de comunicado publicado no seu site oficial, o Palmeiras anunciou a desistência de contratar o astro. "A Sociedade Esportiva Palmeiras informa aos 18 milhões de torcedores que, a partir desta data (9 de janeiro de 2011), desiste oficialmente da contratação do atleta Ronaldinho", escreveu o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo.

Veja também:

linkTorcida do Grêmio protesta contra Ronaldinho

linkAssis não queria Ronaldinho no Fla, diz empresário do Palmeiras

linkFla espera anunciar Ronaldinho na segunda ou terça

linkAssis diz que não há nada definido sobre Ronaldinho

linkGrêmio desiste da contratação de Ronaldinho

blog TRÁGICO E CÔMICO - Ronaldinho leiloado no Mercado Livre

blog DIRETO DA FONTE - Ronaldinho quer morar no Rio

No sábado, o Flamengo ficou mais perto de anunciar a contratação do jogador ao chegar a um acordo com o Milan por Ronaldinho Gaúcho. E Adriano Galliani, vice-presidente do clube italiano, declarou após encontro com Patrícia Amorim, presidente do time carioca, que o jogador é "99,99%" do Flamengo, que deve confirmar a contratação nos próximos dias.

A desistência do Palmeiras acontece um dia depois do Grêmio deixar a negociação. E assim como os dirigentes do time gaúcho, o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo criticou a postura de Roberto Assis, irmão e procurador de Ronaldinho Gaúcho. De acordo com o palmeirense, a contratação do jogador foi fechada no dia 2 de janeiro. "O Palmeiras faz questão de vir a público para enfatizar que jamais vai compactuar com esse tipo de comportamento", criticou.

"Todas as etapas para a conclusão do negócio, abrangendo salário, premiação, tempo de contrato e empresas envolvidas, foram solucionadas e acordadas com o empresário do atleta. Todas as cláusulas e valores pedidos pelo representante do atleta, neste período, foram 100% aceitas pelo Palmeiras e repassadas para a conclusão do negócio. As condições eram excepcionais, provavelmente as maiores do mercado brasileiro em todos os tempos. O empresário Assis afirmou ao Palmeiras que a transação estava fechada no dia 2 de janeiro", escreveu Belluzzo.

De acordo com o comunicado oficial, o Palmeiras iniciou as negociações com Assis no início de junho de 2010 para contratar Ronaldinho Gaúcho. O clube teria o auxílio de empresas para ter o jogador em seu elenco, que envolveria ações de marketing. Mas o interesse palmeirense foi frustrado e Ronaldinho Gaúcho deve mesmo defender o Flamengo em 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.