Palmeiras deve fechar contratação de Henrique nesta sexta

Para levar o jogador do Coritiba, time pagará R$ 5,5 milhões e emprestará o zagueiro Nen

Juliano Costa, Jornal da Tarde

18 de janeiro de 2008 | 10h15

Por R$ 5,5 milhões e mais o empréstimo de Nen, o Palmeiras pretende sacramentar nesta sexta-feira a contratação do zagueiro Henrique, do Coritiba. Ele tem 21 anos e deve se apresentar na próxima segunda. Veja também: Classificação Calendário / Próximos jogos Guia do Paulistão 2008 Alex Mineiro é o matador que o Palmeiras tanto procura? Torcida organizada irrita treinador do Palmeiras Crônica do jogo: Palmeiras 3 x 1 Sertãozinho O Coritiba havia aceito a proposta da Traffic, parceira palmeirense, já na segunda-feira passada, mas um problema judicial quase pôs tudo a perder. Sérgio Prosdócimo, ex-presidente do clube paranaense, havia conseguido uma liminar que penhorava os direitos econômicos de Henrique e outros oito jogadores por causa de uma dívida de R$ 17 milhões. Nesta quinta-feira, a diretoria do Coritiba chegou a um acordo com Sérgio Prosdócimo para que ele tirasse a ação da Justiça. Assim, ficou livre o caminho de Henrique para o Palestra Itália. Além de pedir o empréstimo de Nen, o clube paranaense até já contratou outro zagueiro (Maurício, do São Caetano) para suprir a saída do promissor Henrique. Outro jogador do Coritiba, o atacante Keirrison, disse nesta quinta-feira ter vontade de se transferir para o Palmeiras, mas a diretoria do clube paranaense não pretende vendê-lo. Para a posição de Keirrison, a outra opção da Traffic é Eder Luís, do Atlético-MG - a primeira oferta (R$ 10 milhões) foi recusada pelo clube mineiro. O lateral-esquerdo Leonardo, da Portuguesa, na mira da parceria Traffic/Palmeiras. Ele já disse que quer trabalhar com o técnico Vanderlei Luxemburgo e acertou verbalmente salário e tempo de contrato, mas a Lusa quer mais que os R$ 3 milhões oferecidos. Nesta sexta-feira, o atacante Lenny será apresentando na Academia de Futebol como novo reforço palmeirense. Ele tem 19 anos e assinou por três temporadas com o Desportivo Brasil, clube da Traffic, sendo emprestado ao Palmeiras até dezembro. PINTOU MAIS GRANAA diretoria do Palmeiras anunciou ter chegado a um acordo de patrocínio com a Suvinil, que estampará sua marca nas mangas da camisa do time profissional. Por um contrato de 16 meses (até o final do Paulistão de 2009), a empresa de tintas pagará R$ 3,6 milhões - serão R$ 225 mil mensais. Ficou acertado também que a Suvinil terá direito a usar um camarote do Palestra Itália e que cederá as tintas para a reforma do estádio que já está em andamento - não confundir com a construção da Arena Multiuso, cujo início das obras será em abril. No mês passado, a diretoria do Palmeiras já havia acertado o patrocínio da Fiat para o peito e as costas da camisa. A empresa italiana já pagou R$ 7,5 milhões e ainda pagará um outro valor parcelado durante o ano, além de investir diretamente nas categorias de base. A promessa é de R$ 19 milhões no total ao longo de 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.