Palmeiras deve jogar com força máxima no domingo

Enquanto a Conmebol não define as datas dos confrontos com o uruguaio Nacional pelas quartas de final da Libertadores, o Palmeiras volta suas atenções para o Brasileirão. E, a princípio, o técnico Vanderlei Luxemburgo deve escalar força máxima contra o Internacional, domingo, em Porto Alegre, pela segunda rodada do campeonato nacional.

JULIANO COSTA, Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 20h26

Luxemburgo tem dois motivos para tomar tal decisão. O primeiro é que o jogo contra o Nacional só deve ocorrer no dia 27 de maio. E o segundo é que o Inter desponta como um dos grandes favoritos à conquista do Brasileirão, o que transforma a partida de domingo, na visão dos palmeirenses, num confronto direto pelo título.

Nesta quinta-feira, os jogadores que foram titulares no jogo contra o Sport, na última terça, em Recife, fizeram apenas um treinamento leve para fazer a recuperação física. Já os reservas trabalharam na caixa de areia, um treino de fortalecimento muscular. Nesta sexta, Luxemburgo comanda coletivo para definir o time.

O técnico tem sustentado nas últimas entrevistas que não é bom poupar seus titulares em jogos importantes do Brasileirão para não repetir o erro do Fluminense - no ano passado, o time carioca "demorou" a entrar na competição nacional por estar focado na Libertadores.

E, depois de perder o título da Libertadores, o Fluminense ainda teve que lutar contra o rebaixamento no Brasileirão, só conseguindo escapar nas últimas rodadas. "E se você deixa seus titulares muito tempo parado, eles acabam perdendo ritmo de jogo", argumentou Luxemburgo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.