Divulgação
Divulgação

Palmeiras contrata Vagner para substituir Prass no futuro

Goleiro faz longo contrato com o time alviverde

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2015 | 07h05

O Palmeiras confirmou a contratação do goleiro Vagner nesta quinta-feira e o novo reforço para a meta alviverde chega com a missão de substituir Fernando Prass no futuro, por isso, ele assinou contrato válido até dezembro de 2019. Roger Carvalho, outro confirmado pelo clube, tem vínculo até dezembro do ano que vem apenas.

Prass tem 37 anos e assinou recentemente um novo contrato com duração até dezembro de 2017, quando poderá encerrar a carreira. Até lá, Vagner, que tem 26 anos, poderá ser preparado para assumir a meta alviverde, já que demonstrou potencial, após disputar o último Campeonato Brasileiro pelo Avaí.

O novo reforço palmeirense ganhou projeção nacional ao ser titular do Ituano campeão Paulista de 2014. Na época, o Palmeiras chegou a tentar sua contratação, mas as conversas não foram adiante. Vagner chega ao time alviverde para disputar posição no banco de reservas com Jailson, Fábio e Vinicius Silvestre. A diretoria pretende emprestar pelo menos um deles. Aranha tem vínculo até dezembro, mas já foi comunicado que não terá o contrato renovado.

Em entrevista ao site do Palmeiras, Vagner contou que é fã de Prass e que o acompanha desde os tempos de Vasco. “É um grande goleiro, já acompanho desde a época do Vasco. Sempre faz bons jogos. Sou fã pelo exemplo que ele é, um líder dentro de campo e uma grande pessoa fora dele. Vai ser uma honra trabalhar com ele, vou aprender muito. Espero fazer sombra para ele dentro de campo, e quando tiver oportunidade corresponder à altura”, disse o novo reforço palmeirense.

Quanto a Roger Carvalho, fica claro que ele chega como um teste. O defensor de 28 anos assinou vínculo válido até dezembro do ano que vem apenas e deve ser apenas para compor elenco, já que a diretoria ainda procura por um reforço de peso para a zaga.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.