Palmeiras divulga ?listão? de dispensas

A diretoria do Palmeiras divulgou hoje a lista de 12 jogadores que não fazem mais parte dos planos do técnico Emerson Leão para 2006: os laterais Baiano e André Cunha, os zagueiros Leonardo, Glauber e Thiago Mathias, os meias Roger, Michael, Diego Souza e Marcel e os atacantes Muñoz, Alex Afonso e Ricardinho. Eles não viajarão para Jarinu, segunda, onde o time fará pré-temporada até o dia 8. ?Não existe nenhuma lista de dispensa. O que acontece é que esses jogadores não vão viajar com o resto do grupo para a pré-temporada. Ficarão treinando em São Paulo?, amenizou Ilton José da Costa, gerente de Futebol. A verdade é que nenhum deles trabalhará mais com Leão. Ou seja, estão a procura de clube para jogar. Quando retornou das férias, o treinador palmeirense disse que o elenco estava inchado demais ? 37 atletas ? número muito alto para iniciar a preparação para o Paulista e, principalmente, a Taça Libertadores. Agora, Leão terá 25 jogadores à sua disposição em Jarinu. Dos jogadores colocados em disponibilidade, Marcel e Ricardinho, que defenderam o Grêmio na Série B do Brasileiro, negociam para continuar no clube gaúcho. ?Tudo estava caminhando, mas ontem a negociação com o Ricardinho sofreu um retrocesso, por isso ele voltou e ficará aqui treinando?, explicou Ilton José. O zagueiro Glauber rescindiu o seu contrato. De acordo com o gerente de Futebol, a diretoria corre ainda atrás de mais um reforço. A pedido de Leão, buscam um centroavante. ?Mas está bem difícil. Prova disso é que muitos clubes estão atrás de um atacante?, comentou o gerente. ?Está muito difícil achar um nome.? Fabrício Carvalho, do São Caetano, é opção. Porém, tudo depende da liberação dos médicos ? ele se recupera de um problema cardíaco. ?Se tivermos em mãos um atestado cardiovascular podemos estudar a possibilidade.?

Agencia Estado,

30 de dezembro de 2005 | 11h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.