Palmeiras diz que inscrição de Thiago Cunha está regular

Após a acusação vascaína de que o atacante Thiago Cunha teria atuado irregularmente na vitória palmeirense por 3 a 0, na quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, a diretoria do Palmeiras se apressou em esclarecer a situação. Segundo o clube paulista, a inscrição do jogador está correta e não há risco de desclassificação.O argumento do Vasco é de que o nome do atacante palmeirense apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em 12 de agosto, um dia depois de terem sido encerradas as inscrições na Copa Sul-Americana. Além disso, no site da Conmebol Jorge Preá aparece como o camisa 25 do Palmeiras, ao invés de Thiago Cunha.Mas o gerente de futebol do Palmeiras, Toninho Cecílio, garantiu que a situação de Thiago Cunha é legal. Na tarde desta quinta-feira, o dirigente chegou a mostrar os protocolos de inscrição do jogador na Federação Paulista de Futebol, na CBF e na Conmebol para comprovar a regularidade - todos estão com a data de 11 de agosto, dentro do prazo, portanto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.