Palmeiras: duas chances para vencer

O Palmeiras tem duas chances para acabar com um incômodo tabu: o de ser o único time grande da capital que jamais venceu a Copa São Paulo Jr. Duas chances porque o clube também inscreveu seu time B, que disputa a Série A-3 do Campeonato Paulista e serve para movimentar os jogadores não aproveitados no elenco principal.Apesar da cobrança, os jovens jogadores do Palmeiras - campeões paulistas sub-20 em 2004 - não se assustam com a responsabilidade. "Há dois anos, o clube tenta ser campeão e bate na trave. Essa é a hora de conquistar o título", diz o goleiro Bruno, titular e capitão da equipe principal, lembrando da final de 2003, perdida para o Santo André, nos pênaltis, e na queda na semifinal, em 2004, frente ao São Paulo, também nas penalidades.No time principal, treinado por Marcelo Martelote, além de Bruno, os destaques são os meias Vinícius e Marquinhos O Palmeiras B, do técnico Nilton Pinto Barbosa, confia no atacante Marcus Vinícius, conhecido como Viola.Time-base do Palmeiras: Bruno; Ilsinho, Júnior, Rodrigo e Fábio; Rogério, Vinícius, Tomas e Marquinhos; Wellington e Elias. Técnico: Marcelo Martelote.Time-base do Palmeiras B: Lucas; Belém, Carlão, Daniel e Fernando, Wesley, Rony, Paulinho e Éverton; Catito e Viola. Técnico: Nilton Pinto Barbosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.