Lucas Figueiredo / CBF
Lucas Figueiredo / CBF

Palmeiras e Flamengo disputam a Supercopa do Brasil, valendo a 1ª taça da temporada

Paulistas e cariocas jogam no Mané Garrincha, em Brasília, tira-teima de campeões do Brasileirão e da Copa do Brasil

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2021 | 05h00

Com o calendário dos estaduais afetado por paralisações por causa da pandemia do novo coronavírus, a temporada 2021 do futebol brasileiro tem neste domingo sua primeira grande decisão. Flamengo e Palmeiras, respectivamente campeões do Brasileiro e da Copa do Brasil, disputam da Supercopa do Brasil, às 11h, no estádio Mané Garrincha.

Os dois finalistas também tiveram que conviver com a incerteza da realização da partida até sexta-feira pela manhã, quando o presidente do Superior Tribunal de Justiça, o ministro Humberto Martins, derrubou a decisão que determinava a volta do lockdown no Distrito Federal.

O título de peso vai reunir os dois melhores times do Brasil na atualidade. Além da importância da conquista, a Supercopa é forte aporte financeiro nesses tempos de ausência de receitas de bilheteria pelo fato de os jogos não terem público. O campeão recebe da CBF R$ 5 milhões enquanto o vice embolsa R$ 2 milhões.

O Palmeiras tem neste momento uma pequena maratona de jogos decisivos envolvendo, além da taça deste domingo, o título da Recopa Sul-americana, na próxima quarta-feira.

Diferentemente da Recopa, a Supercopa é em jogo único e o técnico Abel Ferreira entende que toda cautela é necessária para evitar erros que facilitem a vida do rival. Assim, com a paralisação do Campeonato Paulista Sicredi 2021, a comissão técnica se planejou para trabalhar em duas frentes: ajustar o time taticamente e deixar o preparo físico em dia, a fim de chegar embalado diante dos cariocas.

O grupo principal chegou a ter férias após o término do Brasileiro, mas o foco na primeira decisão do ano foi a prioridade da última semana.

A tendência é que Abel Ferreira mantenha a base do time que jogou na Argentina contra o Defensa Y Justicia na quarta-feira. 

Já o Flamengo vem embalado pelas últimas duas atuações no Campeonato Carioca. A partir do jogo contra o Bangu, o técnico Rogério Ceni passou a utiliza o time principal e o resultado agradou ao comandante. Na soma dos placares (3 a 0 e 5 a 1), o time rubro-negro fez oito gols e mostrou bom poder ofensivo.

“Difícil analisar, pela diferença de nível de competição. Fomos melhores do que no último jogo, o time teve mais intensidade. O que vejo é um aumento significativo da parte física”, falou o treinador, que terá o time completo esta manhã.


FICHA TÉCNICA 

PALMEIRAS: Weverton; M. Rocha, Luan, Gómez e Viña; Felipe Melo, Zé Raphael e Raphael Veiga (Scarpa); Rony, Breno Lopes e Willian. Técnico: Abel Ferreira.

FLAMENGO: Diego Alves; Isla, Rodrigo Caio, Willian Arão e Filipe Luís; Diego, Gerson, Everton Ribeiro; Arrascaeta, Gabigol e Bruno Henrique. Técnico: Rogério Ceni.

JUIZ: Leandro Pedro Vuaden (RS).

LOCAL: Estádio Mané Garrincha.

HORÁRIO: 11h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.