Palmeiras e São Caetano jogam em SP

O Palmeiras enfrenta o São Caetano neste domingo, às 16 horas, no Palestra Itália, tentando manter viva a esperança de classificação. Uma vitória palmeirense poderá recolocar a equipe na luta pela vaga para as semifinais do Campeonato Paulista. O Alviverde ocupa a 13ª colocação, com 9 pontos, enquanto o São Caetano, vice-líder com 18, briga para manter-se entre os quatro primeiros na tabela.Mas a necessidade de vencer em casa não foi suficiente para o técnico Celso Roth aceitar as dicas dos volantes reservas, Magrão e Claudecir, que se dispuseram a dar informações sobre o adversário, no qual atuaram até o ano passado. "Não são somente eles que conhecem o São Caetano. Todos nós acompanhamos a campanha de nosso adversário na Copa João Havelange", ressaltou o treinador, em tom de desprezo. "Trata-se de um time perigoso, que não mudou muito em relação ao ano passado", completou.Na opinião de Galeano, os jogadores do Palmeiras não devem esperar um adversário cansado somente pelo fato de o São Caetano ter retornado do México no meio da semana, após ter sido derrotado pelo Cruz Azul por 1 a 0, pela Copa Libertadores. "Se pensarmos que eles estão sem fôlego, nós é que poderemos ser atropelados", alertou. O jogador não considera a partida uma revanche da Copa João Havelange, quando o Palmeiras foi eliminado pelo time do ABC nas quartas-de-final.O São Caetano, por sua vez, vive uma situação inusitada. Tenta aprender o segredo de dar a volta por cima, após três derrotas consecutivas - duas pela Libertadores e uma pelo Estadual. A comissão técnica está apostando no descanso para recuperar a equipe. O técnico Jair Picerni cancelou o treinamento que estava previsto para a tarde de sexta-feira e deu folga ao grupo, que está em uma maratona de partidas pelas duas competições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.